Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Especialistas analisam sete redações nota mil do Enem; confira
Início do conteúdo da página
Educação básica

Conselheiros contam suas histórias

  • Sexta-feira, 02 de maio de 2008, 15h20
  • Última atualização em Terça-feira, 06 de maio de 2008, 05h42

A vida nos apronta muitas surpresas e também nos dá muitos presentes. Assim começa o relato da professora Cefisa Aguiar sobre sua experiência como membro e presidente do conselho escolar da Escola Municipal de Ensino Fundamental Professor Luís Costa, em Fortaleza. “Cultivando rosas, crescendo com os espinhos” é o título de seu texto, que conta a trajetória de implantação do conselho em sua escola, a partir de maio de 2003.

“Até ser convidada a me candidatar à eleição, nem sabia o que era um conselho escolar, mas abracei o desafio e descobri uma realidade que não via enquanto professora”, conta Cefisa. Por isso, ela acredita que descrever seu aprendizado como conselheira pode auxiliar outros educadores na implementação de conselhos escolares nas escolas. O relato de Cefisa e de outros 170 profissionais estão disponíveis no Banco de Experiências Exitosas de Conselhos Escolares, no portal do Ministério da Educação.

A iniciativa faz parte do Programa Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares, da Secretaria de Educação Básica (SEB/MEC). O objetivo é a troca de informações entre conselheiros, o que pode auxiliar na implantação de novas práticas e na criação de uma rede, como explica o diretor de fortalecimento institucional e gestão educacional da SEB, Arlindo Queiroz. “É uma espécie de intercâmbio, uma oportunidade que as escolas têm de divulgar boas práticas no âmbito dos conselhos escolares”, afirma.

Qualquer gestor pode acessar a página, relatar sua própria experiência ou ler a de outros conselheiros. Para quem quer divulgar sua história, há instruções e um roteiro oferecidos, para facilitar a escrita. O MEC avalia o relato e aperfeiçoa a redação, caso seja necessário.

Hoje, Cefisa é membro da comissão de implantação do fórum municipal dos conselhos escolares de Fortaleza. A iniciativa de criar um fórum na capital cearense, em que pais e comunidade pudessem ter participação ativa em prol da melhoria da gestão escolar, partiu da professora. Cefisa soube que um pai de aluno em Natal teve a idéia da criação de um espaço para debater a gestão dos conselhos escolares e ela mesma resolveu levar a prática à sua cidade, apoiada pela secretaria municipal de educação. “Aprender com a experiência do outro é enriquecedor”, afirma. 

Letícia Tancredi

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página