Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Com Ministério da Transparência e CGU, MEC lança parceria para educação cidadã
Início do conteúdo da página
Educação básica

Paraíba testa projeto de gestão

  • Quarta-feira, 14 de maio de 2008, 11h51
  • Última atualização em Sexta-feira, 16 de maio de 2008, 08h48

Na Paraíba, secretários de educação, gestores e técnicos de 110 municípios com baixos índices de desenvolvimento da educação básica (Idebs) vão participar este ano de um projeto piloto de capacitação em cinco áreas de gestão e em desenvolvimento gerencial. O objetivo do projeto é desenvolver a capacidade técnica dos gestores municipais e promover a qualidade da educação básica.

O piloto tomou por base o formato da capacitação desenvolvida pelo Ministério da Educação, em parceria com 11 universidades públicas federais e estaduais e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), em 232 municípios da região do Semi-Árido, desde 2005. Os 110 municípios escolhidos para receber a formação integram os 1.242 municípios prioritários nas ações do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), lançado em abril de 2007.

No projeto da Paraíba, a capacitação vai envolver cerca de 1.100 profissionais, sendo os 110 secretários municipais de educação, mais os gestores e técnicos que trabalham com eles. A formação teórica e o acompanhamento das equipes em cada município serão feitos por 12 professores e especialistas das universidades federais da Paraíba (UFPB) e de Campina Grande (UFCG), com a participação da Undime, que também é parceira do projeto.

De acordo com Lêda Gomes, coordenadora geral de sistemas da Secretaria de Educação Básica, o curso de formação presencial terá 60 horas de duração divididas em duas etapas de 30 horas. Essa formação vai reunir as equipes de todos os municípios em João Pessoa. Terá ainda 96 horas de treinamento e acompanhamento das atividades em cada município, divididas em seis visitas de 12 horas cada. Para Lêda Gomes, o treinamento nos locais de trabalho serve para cada equipe tirar dúvidas e se apropriar dos novos conhecimentos e dos instrumentos de gestão. A dinâmica do projeto prevê treinamentos locais após cada etapa presencial.

A primeira capacitação presencial está prevista para o mês de junho para tratar dos temas: gestão e organização das secretarias; gestão orçamentária e financeira, e gestão da informação. A outra etapa será no segundo semestre e vai tratar da gestão pedagógica (que envolve Provinha Brasil e Escola Ativa), gestão democrática (vai tratar do Conselho Municipal de Educação e conselhos escolares), desenvolvimento gerencial e instrumento de gestão (levantamento da situação das escolas, micro-planejamento e planejamento estratégico da secretaria).

Entre os 110 municípios da Paraíba selecionados para o piloto estão Sapé, com Ideb 1,8; Mamanguapé, 2,0, e Nova Palmeira, 2,1.

Ionice Lorenzoni

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página