Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Em menos de quatro meses, MEC liberou mais de R$ 3,1 bilhões para instituições federais
Início do conteúdo da página
Educação básica

MEC leva programas a secretários no Sul

  • Segunda-feira, 02 de março de 2009, 07h24
  • Última atualização em Terça-feira, 10 de março de 2009, 13h48

Florianópolis – Novos dirigentes municipais de educação do Paraná e de Santa Catarina participam, a partir desta segunda-feira, 2 de março, em Florianópolis, da segunda rodada de encontros entre o Ministério da Educação, a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e as secretarias municipais de educação. O objetivo é apresentar os conteúdos de programas e ações da educação básica, informar sobre os suportes técnicos e financeiros e tirar as dúvidas dos gestores que acabaram de assumir o cargo. No encontro, que vai até o dia 6 de março, é esperada a participação de 692 secretários. Até o dia 3 de abril, o MEC e a Undime realizam mais oito reuniões para atender aos 5.563 municípios.

 

Para facilitar o acesso dos gestores às ações do ministério e suas autarquias, cada secretaria municipal de educação receberá, no início do encontro, um computador portátil com os conteúdos dos programas voltados para a educação básica. No laptop o gestor encontrará informações sobre merenda e transporte escolar, livro didático e biblioteca na escola, formação de professores, laboratórios de informática, computadores nas escolas, alfabetização de jovens e adultos e educação inclusiva, censo escolar e Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), entre outros.

 

Além dessas informações, os novos secretários terão uma visão completa dos programas da educação básica por meio de palestras. O MEC enviará aos encontros dirigentes, assessores e técnicos da Secretaria Executiva e das secretarias de Educação Básica, Educação Especial, Educação a Distância, Educação Continuada, Alfebertização e Diversidade,  além das três autarquias: Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas  Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

 

O fio condutor de todas as ações do MEC é o Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), lançado em abril de 2007. Do PDE nasceram os planos de ações articuladas (PAR), que são um diagnóstico e um planejamento feitos pelas prefeituras para quatro anos, de 2007 a 2011. Todas as transferências voluntárias e assistência técnica do MEC aos municípios estão vinculadas à elaboração do PAR. No Paraná, 341 municípios já elaboraram seu plano. Já em Santa Catarina, 59 cidades ainda não fizeram o seu PAR.

 

O encontro em Florianópolis será realizado no Hotel Praiatur, localizado na Avenida Dom João Becker, 222, na Praia dos Ingleses.

 

Assessoria de Comunicação Social

X
Fim do conteúdo da página