Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Cerca de 98 mil presos e jovens do socioeducativo farão o Encceja PPL
Início do conteúdo da página
Educação básica

Professores do Piauí concluem curso de ciências e matemática

  • Sexta-feira, 26 de junho de 2009, 14h50
  • Última atualização em Sexta-feira, 26 de junho de 2009, 14h50
Mais de 700 professores de 50 municípios do Piauí, que trabalham da primeira à quarta série do ensino fundamental (1º ao 5º ano), participam neste sábado, 27, em Teresina, do seminário de encerramento do curso de formação continuada em ciências e matemática.


A formação, solicitada pelos municípios nos planos de ações articuladas (PAR), em 2008, foi realizada pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), que integra a Rede Nacional de Formação Continuada de Professores da Educação Básica do MEC, composta por 19 universidades. Terminam a formação, 749 professores. Eles fizeram o curso em 13 pólos distribuídos no estado, conforme tabela.


Na avaliação da coordenadora do curso da Unesp, campus de Rio Claro (SP), Maria Isabel Freitas, o empenho dos professores, especialmente aqueles que trabalham na área rural, venceu a maior parte dos problemas de deslocamento causados pelas enchentes que afetaram o Piauí em abril e maio. No município de Cocal, norte do estado, cidade-pólo que atende 73 cursistas, nem a boa vontade dos professores foi capaz de vencer os problemas de alagamentos, explica a coordenadora. Eles participarão do seminário de encerramento, mas só terminarão o curso no final de julho.


O curso tem 120 horas e é desenvolvido durante três meses. No final da formação, os professores recebem certificado de atualização expedido pela Unesp. A carga horária compreende 80 presencias 40 horas para estudos complementares, leituras, desenvolvimento de projetos na sala de aula, troca de experiências com colegas e para tirar dúvidas com os tutores. O material de estudo, oferecido pela universidade, traz no título a abrangência do programa de formação: Ensino de Ciências e Educação Matemática – a terra em que vivemos. Segundo Maria Isabel, a proposta da universidade é incentivar o professor para que pense sobre o mundo e o planeta e que compreenda que os conhecimentos estão entrelaçados.


Outros estados – Além do Piauí, a Unesp também é responsável pela formação continuada de professores das séries iniciais do ensino fundamental, em ciências e matemática, em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Amazonas e São Paulo. Nos cinco estados, o curso soma mais de 2.200 professores: 749 de municípios do Piauí; 495 do Amazonas; 350 de Mato Grosso do Sul; 309 de Mato Grosso; e 227 de São Paulo.


Os cursistas de São Paulo já encerram a formação, os do Amazonas concluem em agosto e os de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, em outubro. Toda a formação é acompanhada por 101 tutores capacitados pelo Centro de Educação Continuada em Educação Matemática, Científica e Ambiental, da Unesp Rio Claro.

Ionice Lorenzoni
X
Fim do conteúdo da página