Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Proformação é discutido em São Luís
Início do conteúdo da página
Prêmio Professores do Brasil

Experiências que aprimoram a educação básica são premiadas

  • Segunda-feira, 09 de novembro de 2009, 17h03
  • Última atualização em Segunda-feira, 09 de novembro de 2009, 18h28

A professora Luzia Campos criou o projeto Festejando a cultura afro-brasileira para que os alunos conhecessem e valorizassem os antepassados africanos. Por meio de festas, brincadeiras e atividades lúdicas, as crianças imergiram nos hábitos e costumes negros e aprenderam mais sobre a formação do povo brasileiro. O projeto foi um dos 35 selecionados pela quarta edição do Prêmio Professores do Brasil. A lista dos premiados foi divulgada nesta segunda-feira, 9, no Diário Oficial da União.


“Nós trabalhamos o respeito às diferenças culturais e étnicas para que as crianças encontrassem, em si e no outro, qualidades”, explica a professora Luzia, que dá aulas a crianças de três e quatro anos na escola de educação infantil Pastor Estevão Ângelo de Souza, em São Luís.


O prêmio, promovido pelo Ministério da Educação e outras instituições parceiras, seleciona experiências criativas e inovadoras, já realizadas ou em andamento, que contribuam para a qualidade da educação básica. São avaliadas ações pedagógicas de professores de escolas públicas que lecionam em todas as etapas da educação básica, de todas as regiões do país.


Os alunos da professora Luzia criaram bonecos para representar personagens africanas, ouviram da professora histórias dos antepassados em rodas de leitura, aprenderam passos de capoeira, ouviram tambor de crioula e participaram de um cortejo de reis e rainhas africanas feito por eles, entre várias atividades que ocorreram de abril a outubro de 2008.


Nesta edição do prêmio, além do projeto realizado em São Luís, outras 34 experiências bem sucedidas foram selecionadas – sete da educação infantil, oito dos anos iniciais do ensino fundamental, dez dos anos finais e dez do ensino médio.


Os professores escolhidos receberão R$ 5 mil e as escolas onde as experiências foram ou são desenvolvidas ganharão equipamentos audiovisuais ou multimídia, a critério delas, no valor de até R$ 2 mil. A cerimônia de premiação ocorrerá durante o Seminário Professores do Brasil, que será realizado entre os dias 2 e 4 de dezembro em Brasília.


“Receber o dinheiro é muito bom, mas o melhor é o reconhecimento, é saber que fiz algo que serviu para educar alguém”, disse Luzia.

Maria Clara Machado


Confira a lista dos vencedores
Saiba mais sobre o Prêmio Professores do Brasil

X
Fim do conteúdo da página