Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Com quatro novos convênios, 41 instituições portuguesas adotam as notas do exame
Início do conteúdo da página
Formação do professor

Procura por especialização em educação infantil é alta em Belém

  • Quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010, 17h45
  • Última atualização em Quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010, 10h08
Educadores de Belém, Feira de Santana (BA), Manaus, Fortaleza e Natal aparecem entre os que mais procuram o curso de especialização em educação infantil que será oferecido por 16 universidades federais em 16 estados. A procura na Plataforma Freire indica que a concorrência pelas vagas é alta nessas cinco cidades. As inscrições para o curso podem ser feitas até o dia 28.

Um levantamento de dados elaborado por Simone Medeiros, da coordenação de formação de professores da Secretaria de Educação Básica (SEB) do Ministério da Educação, divulgado nesta quarta-feira, 10, mostra que a maior concorrência pelas vagas, até esta data, ocorre em Belém. Lá, 385 educadores estão inscritos para 40 vagas. A seguir vêm Feira de Santana (BA), 320 inscritos para 40 vagas; Manaus, 320 para 50 vagas; Fortaleza, 222 inscritos para 40 vagas; e Natal, 261 inscritos para 50 vagas.

Entre os estados com maior número de inscritos se destacam o Pará, com 1.240 inscritos para 240 vagas distribuídas entre cinco municípios; a Bahia, com 1.006 inscritos para 280 vagas em sete municípios, Mato Grosso do Sul, com 1.127 inscritos para 520 vagas em 11 municípios.

Sobram vagas – O estudo de Simone Medeiros também relaciona os municípios onde as vagas ainda não foram preenchidas ou que a relação entre inscrições e vagas é muito baixa. No município de Propriá, em Sergipe, por exemplo, o curso oferecido pela Universidade Federal de Sergipe tem 50 vagas, mas até esta quarta-feira, 10, apenas 11 educadores se inscreveram. Situação semelhante acontece em Ariquemes, em Rondônia, onde existem 50 vagas e 37 inscritos; em Caracaraí, em Roraima, são 50 vagas e 45 inscritos; em Barra do Garças (MT), para 50 vagas há 45 inscritos.

A especialização em educação infantil oferece 3.900 vagas em curso de 360 horas, duração de 18 meses, presencial e gratuito. É destinado a professores, coordenadores e diretores de creches e pré-escolas das redes pública e privada (filantrópica, comunitária ou confessional) que mantenha convênio com o poder público, e também a equipes de educação infantil dos sistemas de ensino.

A formação será ministrada em 72 municípios por uma rede de 16 universidades federais. Os mapas trazem as vagas, as turmas, as universidades e os pólos onde serão realizados. A tabela relaciona os municípios, as vagas e o número de inscritos até 10 de fevereiro. As inscrições são feitas na Plataforma Freire.

Ionice Lorenzoni
X
Fim do conteúdo da página