Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Abertas mais de 1,9 mil vagas em educação profissional a distância
Início do conteúdo da página
Educação básica

Prêmios que valorizam gestores e professores serão integrados

  • Quarta-feira, 27 de maio de 2015, 18h24
  • Última atualização em Quinta-feira, 28 de maio de 2015, 15h14

Será lançada nesta sexta-feira, 29, a Iniciativa Educadores do Brasil, que integra os Prêmios Gestão Escolar (PEG) e Professores do Brasil. As duas premiações objetivam dar visibilidade a experiências pedagógicas inovadoras, passíveis de adoção em escolas de todo o país. A cerimônia de lançamento acontecerá na Torre de TV, em Brasília, às 10h, com a presença do ministro da Educação, Renato Janine.

A Iniciativa foi estabelecida pelo MEC, Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), visando ao avanço na qualificação do ensino. O foco é sobre a meta 17 do Plano Nacional de Educação (PNE) – valorização dos profissionais do magistério das redes públicas de educação básica – e na redefinição do papel do diretor a partir da disseminação de boas práticas de gestão.

Concebido em 1998 pelo Consed, o Prêmio Gestão Escolar contempla projetos inovadores e gestões competentes na educação básica do ensino público e conta, em sua trajetória, com a participação de cerca de 34 mil escolas de todas as regiões do país. Já o Professores do Brasil, criado pelo MEC em 2005, objetiva reconhecer, premiar e divulgar o mérito de docentes das redes públicas de ensino, pela contribuição dada para a melhoria da qualidade.

Os dois prêmios continuarão com funcionamento e procedimentos normais, mas agora com divulgação e abertura de inscrições (prevista para a segunda quinzena de junho) integradas, devido à similaridade das premiações, de acordo com o coordenador-geral de tecnologia da educação da Secretaria de Educação Básica (SEB) do MEC, Joselino Goulart Jr.

Segundo o Consed, a integração obedece à lógica de colaborar com a execução de no mínimo cinco metas do PNE, o que significa 25% do plano. “A intenção é unir esforços, avançar no rumo do estabelecimento de um sistema nacional de educação, respeitando-se cada ente federado, mas com organização baseada na cooperação federativa”, afirmou Fátima Gavioli, secretária-coordenadora do eixo Gestão Escolar e secretária de Estado de Rondônia.

Ana Cláudia Salomão

X
Fim do conteúdo da página