Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Ministro visita Universidade de Brasília e discute expansão
Início do conteúdo da página
Educação superior

Alunos estrangeiros receberão auxílio

  • Sexta-feira, 05 de dezembro de 2008, 14h39
  • Última atualização em Segunda-feira, 08 de dezembro de 2008, 13h20

O Ministério da Educação divulgou nesta sexta-feira, 5, o resultado parcial da seleção de alunos estrangeiros do Programa de Estudantes-Convênio de Graduação que vão participar do Projeto Milton Santos de Acesso ao Ensino Superior (Promisaes) em 2009. Dos 669 inscritos pelas universidades federais, 389 foram selecionados para receber auxílio financeiro mensal no valor de um salário mínimo (R$ 415 em valores de hoje), no período de janeiro a dezembro de 2009.

Junto com a divulgação da lista parcial, a Secretaria de Educação Superior (Sesu) comunica que as universidades, conforme prevê o Edital nº 14/2008, têm cinco dias úteis para entrar com recurso. De acordo com o coordenador do Promisaes, Hilton Sales Batista, somente as instituições podem apresentar recursos à Sesu. O aluno candidato ao auxílio pode recorrer na universidade onde está matriculado.

Para facilitar a comunicação de contestações, o coordenador do Promisaes sugere às universidades dois procedimentos extras, além do envio pelos Correios (Sedex), conforme prevê o Edital nº 14/2008. A instituição pode mandar a contestação pelo endereço eletrônico O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  ou pela fax (61) 2104-9201.

O Projeto Milton Santos de Acesso ao Ensino Superior oferece assistência financeira a estudantes estrangeiros, matriculados em universidades federais, originários de países da África e das Américas. Para concorrer ao benefício, os alunos do programa de Estudantes-Convênio de Graduação devem atender uma série de critérios, entre eles, ter rendimento e freqüência escolar de acordo com as exigências das universidades. Em 2008, o Promisaes beneficiou 670 estudantes.

Os 389 alunos selecionados para receber auxílio em 2009 pertencem a 23 países, sendo 12 das Américas e 11 da África. Os americanos são da Colômbia, Peru, Paraguai, Jamaica, Costa Rica, Chile, Honduras, Equador, Haiti, El Salvador, República Dominicana e Argentina; os africanos são de Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Nigéria, Moçambique, Cabo Verde, Angola, Congo, Gana, Senegal, Quênia e Camarões.

O maior número de estrangeiros que serão atendidos pelo projeto no próximo ano vem da África. Guiné-Bissau tem 184 selecionados, seguida por Cabo Verde (95 alunos), e São Tomé e Príncipe (40). Entre os americanos, o Paraguai aparece com 12 estudantes, seguido do Peru (seis), Jamaica e Haiti com quatro cada.

Milton Santos – O projeto do Ministério da Educação que apóia estudantes de baixa renda dos continentes africano e americano homenageia o geógrafo e único brasileiro a conquistar o Prêmio Vautrin (que é o Nobel da Geografia), Milton Santos. Natural de Brotas de Macaúbas, no interior da Bahia, Milton Santos se destacou na área acadêmica. Doutor em Geografia pela Universidade de Estrasburgo, da França, título obtido em 1958, Milton Santos deixou uma extensa obra. São 40 livros e mais de 400 artigos científicos publicados em diversos idiomas. No começo de sua carreira trabalhou na imprensa, mas depois dedicou-se à pesquisa e a ensinar. Preso e exilado em 1964, percorreu diversos países até 1977, ensinando em universidades da França, Estados Unidos, Canadá, Peru, Venezuela, Tanzânia. Morreu aos 75 anos, em junho de 2001.

Ionice Lorenzoni

X
Fim do conteúdo da página