Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > 1º Encontro de Educação a Distância. Confira na agenda.
Início do conteúdo da página
Enem 2013

Crescimento este ano foi de 20,6%; último dia teve 1,7 milhão de inscrições

  • Terça-feira, 28 de maio de 2013, 19h25
  • Última atualização em Quarta-feira, 29 de maio de 2013, 15h55
o secretário executivo do MEC, José Henrique Paim Fernandes, o ministro Mercadante e o presidente do Inep, Luiz Cláudio Costa, apresentam os dados das inscrições do Enem (Foto: João Neto/MEC)O número de candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2013 teve um crescimento de 20,6% em relação ao ano passado. Foram 7.834.024 inscritos até meia noite de segunda-feira, 27. Somente no último dia, 1.718.144 pessoas se inscreveram no sistema, registrando até 3 mil por minuto. O balanço com os dados consolidados do Enem 2013 foi apresentado na tarde desta terça-feira, 28, pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, e o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Luiz Cláudio Costa.

Do total de inscritos no Enem, 36% estão na região Sudeste e 32% no Nordeste. São Paulo foi o estado com maior número de inscritos –1.238.441 candidatos – seguido de Minas Gerais (870.782) e Bahia (576.851). Do total de inscritos no Enem, 849.058 estudantes farão a prova para conseguir a certificação do ensino médio.

“Esses dados mostram uma grande confiança dos jovens e do povo brasileiro no Enem. De fato, é a principal possibilidade de acesso à educação superior no Brasil”, salientou Mercadante.

A faixa etária de 21 a 30 anos é a maior entre os inscritos do Enem, com 30%. Em seguida, o grupo de pessoas maiores de 30 anos é de 15% do total de inscritos do Enem. Dos mais de 7,8 milhões de inscritos, 4.548.470 já concluíram o ensino médio, enquanto cerca de 1,6 milhão concluirão em 2013.  

Ainda há 2.181.145 pessoas que deverão pagar a taxa de R$ 35 para confirmar a participação no exame. O pagamento deve ser feito em qualquer agência do Banco do Brasil até o fim do horário bancário desta quarta-feira, 29. “Só vai poder participar quem pagar. O prazo não será prorrogado. Não deixem para o último dia para pagar e se planejem para fazer o exame”, pediu o ministro.

Estão isentos do pagamento os concluintes do ensino médio em 2013, matriculados em escola da rede pública declarada ao Censo Escolar da Educação Básica. Também não precisa pagar a taxa o participante com renda familiar per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio.

O ministro Mercadante e o presidente do Inep analisam os números sobre as inscrições do Enem (Foto: João Neto/MEC) As provas serão aplicadas em outubro próximo, nos dias 26 (sábado) e 27 (domingo), com início às 13 horas (de Brasília). Os portões de acesso aos locais de provas serão abertos às 12 horas e fechados às 13 horas, também de acordo com o horário de Brasília. Será proibida a entrada do participante que se apresentar após o fechamento dos portões.

O Enem, que avalia o desempenho escolar e acadêmico do estudante ao fim do ensino médio, é aplicado em todos os estados e no Distrito Federal. O resultado no exame permite ao candidato a participação no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de educação superior.

O desempenho no Enem é também requisito para participação do estudante nos programas Universidade para Todos (ProUni) e Ciência sem Fronteiras e para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Estudantes maiores de 18 anos que ainda não obtiveram a certificação do ensino médio podem fazê-lo por meio do Enem.

Paula Filizola

Confira outros dados na apresentação do ministro Mercadante

Ouça o ministro durante entrevista coletiva no MEC

Matéria republicada com alteração de informações.
Assunto(s): Enem , Enem 2013
X
Fim do conteúdo da página