Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Encceja 2008: consulta liberada
Início do conteúdo da página
Transparência

Denúncias no processo eleitoral do Cefet-RJ são encaminhadas à corregedoria

  • Terça-feira, 20 de agosto de 2019, 15h52
  • Última atualização em Terça-feira, 20 de agosto de 2019, 18h25

Guilherme Pera e Dyelle Menezes, do Portal MEC

Indícios de irregularidades levaram à suspensão do processo eleitoral do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet-RJ). As denúncias foram enviadas à corregedoria do Ministério da Educação (MEC) para a devida apuração.

 “As denúncias foram originadas na própria comissão eleitoral. Elas estão sendo apuradas porque envolvem condutas de agentes públicos. A apuração pode ter impacto sobre o processo eleitoral e é por isso que o resultado fica em suspenso até a conclusão”, disse o secretário de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, Ariosto Antunes, em coletiva de imprensa na sede da pasta nesta terça-feira, 20 de agosto.

A pasta tem o objetivo de assegurar a imparcialidade e afastar qualquer influência sobre o processo eleitoral. O Cefet não pode ficar sem direção. Por isso a escolha temporária de Maurício Aires Vieira, até então assessor e diretor de Programas substituto da Secretaria Executiva do MEC.

Ariosto Antunes ressaltou não se tratar de uma intervenção, pois se trata de um pro tempore. “Essa designação não significa o caráter permanente. Tem caráter temporário, até que se conclua a análise do processo e apuração dos fatos”, afirmou o secretário.

Maurício Aires Vieira no MEC, dias antes de assumir o Cefet-RJ. Foto: Gaby Faria/MEC

Currículo do interino –
Natural de Capão do Leão (RS), o gaúcho de 43 anos tem experiência tanto em universidade quanto em Cefet e instituto federal. Maurício Vieira é licenciado em Física pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel, 1999), mestre e doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG, 2002) e pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS, 2009), respectivamente.

Vieira foi vice-reitor da Universidade Federal do Pampa (Unipampa) na gestão de 2015 a 2019, diretor e coordenador acadêmico do Campus Jaguarão da Unipampa (2009 a 2014).

Tem experiência como orientador, colaborador e avaliador em projetos de ensino, pesquisa e extensão em cursos de graduação e pós-graduação, que abordam temas relacionados com formação docente, gestão acadêmica, educação integral, gestão das práticas docentes, metodologia de pesquisa em educação.

Em uma das experiências profissionais, participou da transformação do hoje Instituto Federal Sul Riograndense (IFSul) de Cefet para Instituto Federal.

X
Fim do conteúdo da página