Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Processos de supervisão e medidas cautelares atingem 47 instituições
Início do conteúdo da página
Censos educacionais

Bolivianos querem conhecer metodologias de avaliação

  • Segunda-feira, 30 de setembro de 2013, 16h21
  • Última atualização em Segunda-feira, 30 de setembro de 2013, 16h24

Uma delegação do Ministério da Educação da Bolívia está no Brasil para conhecer os sistemas de levantamento de dados estatísticos e de avaliação educacional desenvolvidos pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O país está em fase de reforma educativa e ainda não conta com instrumentos de diagnóstico e de coleta de informações sob o aspecto qualitativo.

 

“O Brasil tem um sistema de informações educacionais, principalmente os censos da educação básica e superior, que é exemplo no mundo. Esse conhecimento é de fundamental importância para a elaboração de políticas públicas com foco na melhoria da qualidade educacional”, afirmou o presidente do Inep, Luiz Cláudio Costa, ao receber o grupo.

 

A diretora de Relações Internacionais do Ministério da Educação da Bolívia, Susana Postigo de Spada, fez um relato sobre o sistema boliviano, que atende 3 milhões de alunos na educação básica e um milhão no ensino superior. A reforma em andamento, segundo ela, busca valorizar o pluralismo cultural.

 

“Estamos promovendo a descolonização, a partir de uma nova concepção de educação, que busca resgatar os conhecimentos e saberes de cada um dos 36 povos indígenas que compõe nosso país”, disse.

 

A visita prossegue até a próxima sexta-feira, 4. Além da metodologia e dos instrumentos utilizados nos censos realizados pelo Inep para recolher informação, validá-la e consolidá-la, o grupo também conhecerá, dentre outros, o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

 

Assessoria de Comunicação Social do Inep

Assunto(s): inep
X
Fim do conteúdo da página