Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Sobe o número de matrículas para ensino médio em tempo integral, assim como infantil e técnico
Início do conteúdo da página
Educação e ecologia

Conferência reúne estudantes para tratar do meio ambiente

  • Sexta-feira, 15 de junho de 2018, 20h02
  • Última atualização em Sexta-feira, 15 de junho de 2018, 20h02

Até a próxima terça-feira, 19, 500 alunos de todos os estados brasileiros e do Distrito Federal estarão reunidos na cidade de Sumaré (SP) para participar da última etapa da 5ª Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente (V CNIJMA), que tem como tema Vamos Cuidar do Brasil Cuidando das Águas. O evento é promovido pelos ministérios da Educação e o do Meio Ambiente, e participam estudantes de 11 a 14 anos do sexto ao nono anos do ensino fundamental, além de professores, especialistas e técnicos dos órgãos envolvidos.

De acordo com Felipe Felisbino, coordenador geral de educação ambiental e temas transversais da Secretaria de Educação Básica (SEB) do Ministério da Educação, os alunos selecionados apresentaram projetos que procuram solucionar problemas relacionados à água, como por exemplo, falta e reúso do produto ou tratamento de esgoto. “Esse projeto é uma importante oportunidade para integrar a escola com a comunidade e a comunidade com a escola”, enfatiza Felisbino. 

Durante os cinco dias de encontro, os participantes da conferência receberão capacitação para que consigam colocar em prática nas suas cidades os projetos selecionados. “O nosso objetivo nessa etapa final não é escolher um vitorioso. Todos são merecedores. Neste momento, o que queremos é que esses adolescentes consigam melhorar a qualidade de vida das suas cidades solucionando problemas que eles identificaram”, afirma o coordenador.

A programação baseia-se na aprendizagem por meio de games, ou uma jornada em forma de gincana, que promove práticas pedagógicas de educação ambiental de forma participativa e estimula ações transformadoras que poderão ser replicadas no cotidiano e nas comunidades escolares. Há também uma feira de projetos dos estados onde os participantes podem compartilhar experiências e aprimorar seus projetos.

A seleção desses projetos começou a ser feita desde o ano passado. O início da quinta edição foi marcado com as conferências escolares, que mobilizaram cerca de 9,7 mil escolas em torno desse processo educativo, elaborando projetos de ação sobre o tema água para transformar a realidade da escola e seu entorno. Logo após essa fase, foram realizadas as etapas municipais, que escolheram os melhores projetos de cada cidade, e em maio deste ano, as etapas estaduais que selecionaram as propostas que participariam da Conferência Nacional.

Assessoria de Comunicação Social

 

Assunto(s): Meio Ambiente , Água
X
Fim do conteúdo da página