Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > MEC repassa R$ 900 milhões para transporte escolar, obras e equipamentos em todo o país
Início do conteúdo da página
INTERCÂMBIO

Com bolsas da Capes, cem professores participam de imersão no Canadá

  • Sexta-feira, 05 de julho de 2019, 16h45
  • Última atualização em Sexta-feira, 05 de julho de 2019, 16h45

A oportunidade de ampliar conhecimentos e repassá-los para outras pessoas é o objetivo de cem professores brasileiros da rede pública de ensino que embarcaram para Ontário, no Canadá, nesta semana. Os docentes vão passar oito semanas no país, o que foi possível graças a bolsas de estudo da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), autarquia vinculada ao Ministério da Educação (MEC).

A capacitação dos professores de 18 estados e do Distrito Federal é parte da cooperação entre a Capes e o Colleges and Institutes Canada (CICan). A proposta é oferecer aos professores brasileiros aperfeiçoamento em inglês, além do desenvolvimento de habilidades relacionadas à liderança, gestão pedagógica, entre outros.

Uma das inscritas no programa, Daiane Arend Flores de Oliveira, professora de educação infantil e anos iniciais em Taquara (RS), destaca que a experiência vai ajudar a reformular a proposta curricular e o sistema de avaliação do seu município. “A proposta da Capes surgiu no momento em que estávamos iniciando o processo. Literalmente, vamos unir o útil ao agradável”, conta.

A Capes oferece as bolsas por meio do Programa de Desenvolvimento Profissional de Professores da Educação Básica, que é dividido em duas partes. A primeira é composta por um curso básico de inglês. A segunda é destinada à formação dos professores com atividades voltadas à gestão de sala de aula e à aprendizagem centrada no aluno.

Os benefícios garantidos aos participantes incluem passagens aéreas nacionais e internacionais de ida e volta, ajuda de custo, seguro-saúde, deslocamento no Canadá (aeroporto/universidade/aeroporto), alojamento em casa de família canadense (homestay), incluindo três refeições, curso de formação e material didático.

Para Danielle do Vale, professora de ensino médio de Marabá (PA), a capacitação será uma oportunidade de acompanhar de perto como um país desenvolvido consegue inserir com qualidade a educação física no dia a dia dos estudantes. “Sinto falta de trazer o aluno para mais perto da aula de educação física”, afirma.

Segundo a Capes, há previsão de três novos editais, ainda neste semestre, para capacitações de novas turmas de docentes no Canadá, na Irlanda e nos Estados Unidos em 2020.

Assessoria de comunicação social, com informações da Capes

Assunto(s): professores , Capes , bolsas
X
Fim do conteúdo da página