Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Educação básica
Início do conteúdo da página
Caminhos do Mercosul

Divulgados nomes dos vencedores de concurso histórico literário

  • Sexta-feira, 27 de julho de 2018, 12h53
  • Última atualização em Sexta-feira, 27 de julho de 2018, 15h56


O resultado da 14ª edição do Concurso Histórico Literário Caminhos do Mercosul foi divulgado nesta sexta-feira, 27. A competição, uma iniciativa do Setor Educacional do Mercosul (SEM) promovida pelo Ministério da Educação da Argentina, premiou estudantes do ensino médio de escolas públicas ou privadas que tinham a curiosidade como combustível para aprender mais sobre os povos do Mercosul.

Os três vencedores do concurso, que tinha como tema “100 anos da Reforma Universitária: o movimento que transformou a educação universitária na América Latina”, são Bianca Leal de Oliveira, de Feira de Santana, (BA); Juliana Pinho Muller, de Macaé (RJ) e Mellyssa Fiel Salustriano, de Guarulhos (SP).

“Mesmo com um tema importante para a América Latina, mas mais dentro da realidade dos estudantes argentinos, nós tivemos excelentes trabalhos aqui no Brasil”, avaliou a organizadora do concurso, Sandra Sérgio, que é consultora e gestora do MEC. “A comissão julgadora do MEC, formada por oito voluntários, foi bastante rigorosa e criteriosa na escolha dos trabalhos”, destacou. “O resultado foi muito bom”.

Movimento estudantil – A proposta teve como fundamento o objetivo de fortalecer a identidade dos jovens dos países-membros, ampliando os conhecimentos, desenvolvendo a integração regional, respeitando e promovendo a diversidade cultural e a cultura de paz entre os povos. Dentro dessa linha, os candidatos desenvolveram trabalhos de subtemas relacionados a movimentos estudantis surgidos a partir da reforma de 1918, à atuação de líderes estudantis na América Latina, ao alcance e influências do movimento estudantil nas universidades argentinas e latinoamericanas e ao compromisso da universidade na América Latina em defesa da democracia.

Os trabalhos foram feitos nos formatos de investigação histórica, monografia, ensaio ou texto literário (narração, contos curtos). O material cumpriu os requisitos exigidos no regulamento e foi redigido em português ou espanhol. A comissão julgadora avaliou, entre outros pontos, pertinência ao tema, criatividade do trabalho, desenvolvimento das ideias e correção ortográfica e gramatical.

Os autores dos três melhores trabalhos serão premiados com uma viagem acadêmica e cultural à Argentina, a ser realizada em outubro. Também vão receber um certificado de participação emitido pelo MEC e terão publicado seu trabalho nos meios de comunicação.

Assessoria de Comunicação Social

 

Assunto(s): ensino médio , Mercosul , concurso
X
Fim do conteúdo da página