Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Ensino médio

Mais de 1,5 milhão de participantes já visualizou as notas do Enem 2019

  • Sexta-feira, 17 de janeiro de 2020, 14h30
  • Última atualização em Sexta-feira, 17 de janeiro de 2020, 15h42

Resultados estão disponíveis na Página do Participante, no portal e no aplicativo do Enem


Um total de 1.608.770 de participantes já visualizou as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. O balanço é das 14h10 desta sexta-feira, 17 de janeiro. As notas dos “treineiros”, que não concluíram o ensino médio em 2019, serão liberadas em março.

Para acessar os resultados, é necessário fazer login com CPF e senha. Na mesma página, o sistema permite a recuperação da senha pelo e-mail cadastrado. Quem não tem mais acesso ao e-mail registrado pode trocar o endereço eletrônico.

É preciso acessar a Página do Participante, seja no portal, seja no aplicativo do Enem, e seguir as seguintes instruções:

  1. responda ao desafio de segurança proposto pela Nanda, uma personagem digital. O desafio é importante para evitar o acesso de robôs;
  2. informe CPF na Página do Participante e, em seguida, insira a senha. Caso você não se lembre da senha registrada na inscrição, clique no link “Esqueci minha senha”, que está logo abaixo do campo de preenchimento;
  3. o sistema vai pedir para o usuário escolher se a senha cadastrada será enviada para o e-mail registrado durante a inscrição ou se quer alterar o e-mail. O sistema dá uma pista para que o participante se lembre de qual e-mail foi cadastrado durante a inscrição;
  4. caso o participante opte por receber a senha no e-mail cadastrado, basta procurar na caixa de entrada. Caso não encontre, vale olhar na caixa de spam. Quem não tem mais acesso ao e-mail informado na inscrição ou quiser apenas trocar o endereço do correio eletrônico é só seguir as orientações;
  5. o participante deverá responder às perguntas solicitadas a respeito dos dados informados na inscrição. Acertando todas as respostas, é só informar o novo e-mail;
  6. o Inep vai enviar a senha para o novo e-mail e o participante poderá acompanhar suas notas no exame. É possível, inclusive, consultar os resultados de edições passadas, caso o usuário tenha feito o Enem em outros anos.

As notas do Enem 2019 podem ser usadas para ingressar na educação superior, como mecanismo único, alternativo ou complementar. A senha do Enem assim como o número de inscrição do participante, serão utilizados por quem vai se inscrever nos programas do Ministério da Educação (MEC).

Como usar a nota

Sisu: o estudante interessado em ingressar em alguma instituição de ensino superior pública deve escolher até duas opções de cursos. Ao final, o sistema seleciona os mais bem classificados em cada curso, de acordo com as notas no Enem e eventuais ponderações, como pesos atribuídos às notas ou bônus. É pré-requisito não ter zerado a redação. As inscrições vão de 21 a 24 de janeiro. São 237 mil vagas.

ProUni: o estudante interessado no ingresso em instituições privadas de ensino superior pode concorrer a bolsas integrais (100%) e parciais (50%). Para se inscrever na iniciativa, o aluno que participou do Enem deve ter obtido média de ao menos 450 pontos e não ter zerado a redação. As inscrições vão de 28 a 31 de janeiro. São 249 mil bolsas.

Fies: com duas modalidades — juros zero a quem mais precisa (renda familiar de até três salários mínimos por pessoa) e escala de financiamento que varia conforme a renda familiar do participante —, as regras para a nota são as mesmas do ProUni. A partir de 2021, será preciso nota mínima de 400 na redação. As inscrições vão de 5 a 12 de fevereiro. São 70 mil vagas.

Ingresso direto: Para realizar o ingresso direto em uma instituição privada, o estudante não precisa realizar provas nem pagar taxas, apenas se inscrever no site ou diretamente na instituição de interesse e aguardar o resultado da seleção. Só é necessário não ter zerado nenhuma das provas.

Enem Portugal: 47 instituições portuguesas — 10 delas por convênios firmados em 2019 — aceitam a nota do Enem como forma de ingresso. Cronograma e regras são definidos pelas universidades.

Assessoria de Comunicação Social, com informações do Inep

X
Fim do conteúdo da página