Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Estudantes usam experiências das aulas para ajudar no tratamento de crianças
Início do conteúdo da página
Fórum Mundial

Instituto Federal Fluminense capacita gestores angolanos

  • Segunda-feira, 16 de novembro de 2009, 18h22
Quatro diretores dos centros de Formação Profissional de Angola começaram a capacitação de gestores, nesta segunda-feira, 16, no Instituto Federal Fluminense, campus Campos-centro. O trabalho segue até o dia 29 de novembro e faz parte do acordo de cooperação técnico-científica entre o Instituto Federal Fluminense e o Ministério das Obras Públicas de Angola, no Projeto Angola-Brasil.

André Andrade (diretor do centro de Huambo), João Dias (diretor do centro de Benguela), Nelson Garcia (diretor do centro de Malanje) e Antonio Sardinha (diretor do centro de Luanda) chegaram ao Brasil no domingo, 15. Nesta segunda, 16, eles foram recebidos pela reitora Cibele Daher e pela coordenadora geral do projeto, Gláucia Mendes.

Cibele falou com eles sobre política da educação profissional no Brasil. A reitora mostrou a área de abrangência do instituto com os seis campi, falou sobre os planos de expansão do Governo Federal e a meta para 2010 de chegar a 354 unidades em todo o Brasil. Hoje eles ainda visitam a estrutura do campus centro.

“Queremos mostrar a eles a nova institucionalidade do instituto, já que quando o convênio começou ainda éramos Cefet, além de falar sobre como está a Rede Federal, hoje, no Brasil, que passa por um momento de fortalecimento”, afirmou Cibele. “Acredito que, em Brasília, durante o Fórum Mundial, eles terão a oportunidade de conhecer de perto o trabalho da rede e vivenciar experiências de outros institutos.”

De terça, 17, a quinta-feira, 19, os angolanos cumprem uma programação intensa, com apresentações e palestras, além do lançamento da revista e do documentário do Projeto Angola-Brasil. Entre 23 e 27 de novembro, participam do Fórum Mundial de Educação Profissional e Tecnológica, em Brasília. Os diretores retornam para Angola no dia 29 de novembro.

Assessoria de Imprensa do Instituto Federal Fluminense
X
Fim do conteúdo da página