Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
  • Abertas as inscrições para exame de certificação do nível fundamental

    Estão abertas até o dia 30, exclusivamente pela internet, as inscrições para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) de 2009 — nível fundamental. A prova está prevista para 29 de novembro. A idade mínima exigida é de 15 anos, completos até o dia da prova. A participação no exame é gratuita e voluntária.


    O exame avalia competências e habilidades de jovens e adultos que não tiveram acesso ao ensino regular na idade própria. Caso obtenha a pontuação mínima exigida, o candidato é aprovado e recebe a certificação de proficiência do ensino fundamental. São esperados mais de um milhão de candidatos.


    As provas contemplam as áreas básicas do conhecimento — língua portuguesa, língua estrangeira moderna (inglês), artes, educação física e redação; matemática; história e geografia e ciências naturais. Serão 30 itens de múltipla escolha para cada uma das áreas, além de uma proposta de temas para a redação.


    Os candidatos devem fazer a inscrição na página eletrônica do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). Após o cadastramento, é necessário imprimir o comprovante com o número de acompanhamento da inscrição e da senha de acesso. O local e a área de realização da prova devem ser indicados pelos candidatos no momento da inscrição.


    O cartão de confirmação de inscrições, com o dia, local e horário da prova, além do número de inscrição, senha de acesso aos resultados individuais, cartão-resposta e questionário socioeconômico, será enviado ao endereço informado pelo candidato. Caso não receba o cartão até 9 de novembro, o candidato deve entrar em contato com o sistema de atendimento Fala, Brasil, pelo telefone 0800 616161, ou consultar a página eletrônica do Encceja. Não será permitida mudança de local de prova nem de município de opção do participante. Caso o candidato não consiga o cartão, poderá fazer a prova com o comprovante de inscrição.


    Renovação — Aqueles que se inscreveram em anos anteriores e não obtiveram média para eliminação da área de conhecimento pretendida, podem fazer a renovação. O número de inscrição é único e definitivo ao longo dos anos e pode ser usado quantas vezes o interessado quiser participar do exame.


    Os candidatos com deficiência devem declará-la no ato da inscrição para receber atendimento apropriado no dia da prova. Detentos ou internos matriculados em programas especiais de educação em unidades prisionais ou hospitalares farão a prova nos locais de detenção ou internação, mediante termo de compromisso firmado com o Inep.


    A partir deste ano, a certificação para o nível médio será feita pelo Exame Nacional de Ensino Médio (Enem), que terá provas em 3 e 4 de outubro.


    Mais informações na página eletrônica do Inep.

    Assessoria de Imprensa do Inep

  • Abertas as inscrições para o exame de certificação

    Estão abertas até o dia 26 de setembro as inscrições para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos, o Encceja 2010. Os interessados em obter o certificado de conclusão do ensino fundamental devem fazer a inscrição na página eletrônica do Inep. As provas serão realizadas em 12 de dezembro deste ano.

    O Encceja é uma avaliação voluntária e gratuita, destinada às pessoas que não tiveram oportunidade de concluir os estudos na idade curricular apropriada. Para ter direito à certificação, o candidato precisa ter, no mínimo, 15 anos completos na data de realização do exame. No ato da inscrição, os interessados poderão selecionar uma ou mais áreas de conhecimento para participar. O exame é formado por quatro provas: prova I - língua portuguesa, língua estrangeira moderna (inglês), artes, educação física e redação; prova II - matemática; prova III - história e geografia; e prova IV - ciências naturais.

    No dia de realização do exame, os portões de acesso aos locais de provas serão abertos às 7h e fechados às 8h25, para as provas aplicadas pela manhã; e abertos às 13h e fechados às 14h25, para as provas aplicadas à tarde, de acordo com o horário de Brasília . Até o dia 16 de novembro, os participantes receberão o Cartão de Confirmação da Inscrição no endereço informado no momento da inscrição. A partir dessa data, a confirmação com endereço, hora, data e local de prova também estará disponível no sistema de acompanhamento da inscrição e no Fala Brasil, 0800 616161.

    Os inscritos na edição de 2009, que foi adiada para este ano, deverão confirmar participação no sistema de inscrição, que também permitirá a alteração de dados cadastrais. Caso não haja confirmação, a inscrição será cancelada automaticamente.

    A emissão dos certificados é de competência das secretarias estaduais de educação, e cada uma delas definirá os procedimentos que julgar convenientes para a certificação de conclusão do ensino fundamental.

    Desde 2009, as certificações para o ensino médio são pleiteadas por meio da prova do Enem.

    Assessoria de Imprensa do Inep

  • Abertas até 31 de maio as inscrições para o exame de competências de jovens e adultos



    As inscrições para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) de 2019 tiveram início nesta segunda-feira, 20. É uma oportunidade para quem não concluiu os estudos na idade adequada.

    Há provas para o ensino fundamental e ensino médio, e para participar basta ter a idade mínima exigida: 15 e 18 anos, respectivamente. O exame é gratuito e as inscrições devem ser feitas pela internet, no Sistema Encceja, até 31 de maio. As provas serão aplicadas em 25 de agosto, durante a manhã e tarde, em 611 municípios brasileiros.

    A edição de 2019 traz algumas novidades, principalmente relacionadas à acessibilidade. Pela primeira vez, o edital tem uma versão em Língua Brasileira de Sinais (Libras), disponível no canal do Inep no YouTube.

    Quem já teve laudo médico aprovado em outras edições não precisa apresentar novo documento durante a inscrição. Participantes surdos, deficientes auditivos e surdocegos devem indicar, durante a inscrição, se usam aparelho auditivo ou implante coclear. Outra mudança é a necessidade de justificar o motivo da ausência na edição passada.

    A segurança também foi reforçada. O participante que deixar seu aparelho eletrônico emitir qualquer som durante a aplicação será eliminado. Além disso, todos lanches lanches serão revistados.

    Orientações – Para tentar a certificação no ensino fundamental, é preciso ter 15 anos completos no dia da prova. Para o ensino médio, é preciso ter pelo menos 18 anos. Maiores de idade podem fazer o exame para o ensino médio direto, mesmo que não tenham completado o ensino fundamental.

    Só obtém o certificado quem consegue a nota mínima exigida em cada uma das quatro provas, mais a redação. É no momento da inscrição que o participante seleciona as provas que fará. Para quem já participou de outras edições do Encceja e obteve nota suficiente em alguma das provas, basta se inscrever para aquelas que faltam.

    O sistema de inscrição não exibirá as áreas de conhecimento em que o participante já tenha conseguido a nota mínima em edições passadas do Encceja ou no Enem, até 2016. É também durante a inscrição que o participante escolhe a instituição certificadora, que vai emitir o diploma.

    O Inep elabora, aplica e corrige as provas do Encceja, mas a certificação é feita pelas Secretarias Estaduais de Educação e Institutos Federais de Educação Ciência e Tecnologia que tiverem assinado termo de adesão ao Encceja com o Inep. O participante deve escolher a instituição certificadora na qual prefere solicitar a certificação ou a declaração parcial de proficiência durante a inscrição.

     

    Acesse o edital

    Assista à versão em Libras do edital

    Inscreva-se pelo Sistema Encceja

     

    Assessoria de Comunicação Social

     

  • Abertas inscrições do Encceja a brasileiros residentes no exterior

    Já estão abertas as inscrições para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2017 para brasileiros residentes no exterior. O exame avalia competências, habilidades e saberes adquiridos em processo escolar ou extraescolar de jovens e adultos que não tiveram a oportunidade de concluir seus estudos em idade própria. A participação é voluntária e gratuita.

    Esta edição do exame é direcionada a jovens e adultos residentes no exterior, e a pessoas privadas de liberdade residentes no Japão e Guiana Francesa, que buscam obter o certificado de conclusão do ensino fundamental ou do ensino médio.

    As inscrições começaram nesta segunda-feira, 3, e podem ser feitas até as 23h59 de 17 de julho. É preciso informar o número de CPF e identidade, que serão utilizados para emissão do certificado e da declaração parcial de proficiência. O participante que tiver realizado provas de edições anteriores do Encceja Exterior (2013, 2014, 2015, 2016) deverá informar o número do passaporte utilizado para fins de certificação. Para a certificação do ensino fundamental o participante deve ter 15 anos completos na data da realização da prova. Para a certificação do ensino médio, a idade é de pelo menos 18 anos na data da prova.

    A inscrição deve ser feita exclusivamente pela internet. Os responsáveis nos consulados-gerais em Tóquio e em Caiena, onde haverá aplicação para pessoas privadas de liberdade, farão a inscrição dos brasileiros submetidos a penas privativas de liberdade, por meio de outro endereço eletrônico, no mesmo período.

    Atendimentos – Participantes que necessitam de atendimento especializado ou específico devem informar, na inscrição, a condição que motiva a solicitação. É necessário ter documentos comprobatórios dessa condição, que podem ser cobrados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) a qualquer momento. O atendimento especializado é direito de participantes com baixa visão, dislexia e deficiência física.

    Auxílios ou recursos de acessibilidade necessários também só podem ser solicitados na inscrição. As opções são: prova com letra ampliada, prova com letra superampliada, sala de fácil acesso e mobiliário acessível. O atendimento específico é destinado a gestantes, lactantes e idosos.

    Aplicação – O Encceja Exterior 2017 será aplicado em 10 de setembro, nos Estados Unidos (Boston, Nova Iorque e Miami); Bélgica (Bruxelas); Guiana Francesa (Caiena); Portugal (Lisboa); Suíça (Genebra); Espanha (Madri); Reino Unido (Londres); França (Paris), Holanda (Amsterdã) e Japão (Nagóia, Hamamatsu e Ota). Em unidades prisionais, o exame será realizado em Tóquio (Japão) e Caiena (Guiana Francesa), entre 11 e 22 de setembro. O Encceja Exterior 2017 é aplicado pelo Inep em parceria com o Ministério das Relações Exteriores e com as respectivas representações diplomáticas do Brasil nos locais de aplicação.

    Certificação – Os resultados do Encceja Exterior 2017 podem ser utilizados para a certificação de conclusão de ensino fundamental ou do ensino médio, ou para emissão da declaração de parcial de proficiência. Para a certificação dos participantes serão consideradas a pontuação mínima indicada pelo Inep e a declaração parcial de proficiência (por área de conhecimento). A emissão desses documentos é de responsabilidade do Colégio Pedro II, do Rio de Janeiro, e do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília (IFB). Para a certificação, o participante poderá aproveitar os resultados obtidos em edições anteriores do Encceja (2013, 2014, 2015 e 2016) e também do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

    Acesse a página do Encceja para fazer a inscrição

    Acesse a página para inscrição de pessoas privadas de liberdade

    Clique aqui para acessar o edital

    Clique aqui para ver o cronograma do Encceja no Brasil

    Assessoria de Comunicação Social 

  • Abertas inscrições para exame supletivo no Japão e na Suíça

    Os ministérios da Educação e das Relações Exteriores, em parceria com a Secretaria Estadual de Educação do Paraná, realizam este ano a 11ª edição dos exames supletivos no Japão e a 5ª edição na Suíça. As inscrições podem ser feitas até dia 31 de agosto somente pela internet. As provas do ensino fundamental serão dia 24 de outubro e do ensino médio, 25 de outubro.

    Podem fazer o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), o antigo supletivo, nas etapas de ensino fundamental e médio, brasileiros residentes ou com trabalho temporário no Japão e na Suíça. Para o ensino fundamental, a idade mínima é 15 anos completos até o dia da prova, e para o ensino médio, 18 anos.

    As provas serão em língua portuguesa. Para o ensino fundamental, o estudante vai responder testes em quatro áreas: matemática; língua portuguesa, língua estrangeira moderna, artes, educação física e redação; ciências naturais; e história e geografia.

    No ensino médio, os conteúdos estão divididos em linguagens, códigos e suas tecnologias e redação (compreende língua portuguesa, língua estrangeira moderna, artes e educação física); matemática e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias (história, geografia, filosofia e sociologia); ciências da natureza e suas tecnologias (química, física e biologia).

    As provas são elaboradas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e aplicadas pela secretaria de educação do Paraná, instituição que certifica os estudantes.

    Inscrição– As inscrições devem ser feitas pela internet na página eletrônica da secretaria de educação do Paraná. Nesta página, o estudante também encontra os horários das provas, a descrição dos conteúdos e endereços dos consulados, onde computadores com acesso à internet estarão disponíveis para a inscrição. No Japão, as provas serão aplicadas nas províncias de Gunma (Oizumi), Aichi (Nagóia) e Sizuoka (Hamamatsu); e na Suíça, em Zurique.

    Trajetória– O Japão tem a terceira maior comunidade brasileira no exterior, depois dos Estados Unidos e do Paraguai. O país reúne cerca de 240 mil brasileiros em atividade temporária, dos quais, aproximadamente, 40 mil em idade escolar. Para atender pedidos dos trabalhadores brasileiros no Japão, o Ministério da Educação montou, em 1999, uma experiência-piloto com a secretaria estadual de educação do Paraná para oferecer exames supletivos. Em 2005, os residentes na Suíça também solicitaram a aplicação das provas.

    Ionice Lorenzoni
  • Aberto prazo de recursos para solicitações reprovadas

    O participante do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2018 que teve a solicitação de atendimento especializado ou por nome social reprovada pode entrar com recurso a partir desta segunda, 14 de maio, até sexta, 18 de maio. Durante esse período, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) receberá novos documentos comprobatórios para as situações que dão direito aos atendimentos. Os documentos devem ser enviados por meio da Página do Participante.

    A oportunidade de atendimento por nome social para participantes travestis ou transexuais e o atendimento especializado fazem parte da política de inclusão e acessibilidade do Inep, que ainda inclui atendimento específico para gestantes, lactantes, idosos e outras condições específicas. 

    Tem direito ao atendimento especializado o participante que solicitar e comprovar ter baixa visão, cegueira, deficiência auditiva, deficiência física, deficiência intelectual (mental), déficit de atenção, discalculia, dislexia, surdez, surdocegueira e visão monocular. Para comprovar a condição é preciso apresentar documento comprobatório, conforme previsto no edital. 

    Nome – Para ter direito ao atendimento por nome social o participante também deve apresentar documentos que comprovem a condição que motiva a solicitação, como: fotografia atual, individual, colorida, com fundo branco, da cabeça (descoberta) e do tronco; cópia digitalizada (frente e verso) de um dos documentos de identificação oficial com foto; e cópia assinada e digitalizada do formulário de solicitação de atendimento pelo Nome Social disponível na Página do Participante. Os documentos devem conter todas as informações solicitadas, ser legíveis e estar no formato PDF, PNG ou JPG, no tamanho máximo de 2MB.

     O atendimento dá direito ao participante ser distribuído pelas salas de aplicação de acordo com seu nome social, e não de acordo com o nome civil. Todos os documentos relacionados à aplicação também serão identificados com o nome social. 

    Acesse a Página do Participante

    Assessoria de Comunicação Social, com informações do Inep

  • Adesão ao Encceja para privados de liberdade vai até 1º de setembro

    Os órgãos da administração prisional e socioeducativas têm até o dia 1º de setembro para manifestar interesse em aplicar o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para pessoas privadas de liberdade e jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade (Encceja Nacional PPL) 2017. Os órgãos devem firmar termo de adesão, responsabilidades e compromissos com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), pelo portal do Inep ou diretamente no sistema de adesão. Depois, as unidades prisionais e socioeducativas devem fazer o mesmo procedimento.

    Cada unidade indicada pelos órgãos da administração prisional e socioeducativas terá um responsável pedagógico para representar os participantes na inscrição e certificação, além de intermediar questões relacionadas ao Encceja PPL com o Inep e as instituições aplicadoras. Ele será responsável pela inscrição e por repassar todas as informações necessárias aos participantes. Durante a inscrição, o responsável pedagógico também deve informar se há necessidade de atendimento especializado e os respectivos recursos de acessibilidade para a realização das provas, de acordo com as opções previstas.

    Inscrições e aplicação – As inscrições dos participantes do Encceja PPL serão realizadas de 28 de agosto a 8 de setembro. Para participar é preciso ter, no mínimo, 15 anos de idade para quem busca a certificação do Ensino Fundamental; e 18 anos para quem busca a certificação do Ensino Médio. As provas do Encceja PPL 2017 serão realizadas em 24 e 25 de outubro, nas unidades prisionais e socioeducativas indicadas pelos órgãos competentes. O Exame é dividido em quatro provas objetivas, por nível de ensino, e uma redação.

    Acesse o edital do Encceja PPL 2017

    Acesse o portal do Inep

    Acesse o sistema de adesão ao Encceja PPL 2017

    Assessoria de Comunicação Social, com informações do Inep

  • Atendimento por nome social deve ser solicitado até 25 de agosto

    Os participantes transexuais e travestis – pessoas que se identificam e querem ser reconhecidas socialmente em consonância com sua identidade de gênero – inscritos no Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2017 e que desejam atendimento pelo nome social devem fazer a solicitação até 25 de agosto. A oportunidade de atendimentos diferenciados faz parte da política de inclusão social do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que contempla, além do atendimento por nome social, atendimento específico e atendimento especializado em suas avaliações e exames.

     A solicitação de atendimento por nome social deve ser feita pela página do participante. É necessário comprovar a condição que motiva a solicitação com documentos como fotografia atual, individual, colorida, com fundo branco, da cabeça e do tronco sendo que a cabeça deverá estar descoberta; cópia digitalizada de um dos documentos de identificação oficial com foto; e cópia assinada e digitalizada do formulário de solicitação de atendimento pelo nome social disponibilizado na página do participante. Os documentos devem conter todas as informações solicitadas, ser legíveis e estar no formato PDF, PNG ou JPG, no tamanho máximo de 2MB.

    Acesse a página do participante do Encceja 2017

    Assessoria de Comunicação Social, com informações do Inep

  • Aumenta número de inscritos em exame para certificar adultos

    O número de inscritos do Exame Nacional de Certificação de Competências (Encceja) de 2014, aplicado no exterior, cresceu 45,9% em relação à última edição. Neste ano, 2.268 pessoas se candidataram ao exame em outros países. Em 2013, foram 1.554 inscrições.

    No Encceja aplicado no Brasil, o número de interessados aumentou 7,5%. Em 2013, foram registradas 104.663 inscrições e, neste ano, foram 112.557.

    Organizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o Encceja é voltado a jovens e adultos que não concluíram os estudos na idade apropriada.

    Os resultados garantem a certificação de conclusão do ensino fundamental para quem vive no Brasil e dos ensinos fundamental e médio para aqueles que moram no exterior. No Brasil, a certificação para o ensino médio é realizada por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

    No ensino fundamental, o interessado precisa ter no mínimo 15 anos completos na data de realização das provas. Para quem pretende o certificado do ensino médio, a idade mínima é de 18 anos na data do exame.

    As inscrições para o Encceja terminaram na última segunda-feira, 31.

    As provas do Encceja Nacional serão realizadas em 1º de junho, em todos os estados. No Japão, as provas do ensino fundamental serão realizadas em 31 de maio. Para o ensino médio, as provas serão realizadas em 1º de junho. Em Portugal, Guiana Francesa, Bélgica e Estados Unidos, os exames para o ensino fundamental serão aplicados em 7 de junho. Para o ensino médio, as provas serão aplicadas em 8 de junho.

    Eduardo Aiache


  • Brasileiro no Japão pode fazer exame de certificação em maio

    Jovens e adultos brasileiros residentes ou com trabalho temporário no Japão que pretendam obter certificado de conclusão do ensino fundamental e médio podem fazer, este ano, o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), o antigo supletivo. As inscrições, pela internet, têm início na proxima segunda-feira, 21, e vão até 18 de março.

    As provas, em língua portuguesa, serão aplicadas nas cidades de Nagoya (província de Aichi), Hamamatsu (Shizuoka) e Oizumi (Gunma) e em seis unidades prisionais com brasileiros detidos. Os exames do ensino fundamental, para jovens com 15 anos completos até o dia da prova, serão aplicados em 14 de maio; os do ensino médio, para aqueles com 18 anos ou mais, em 15 de maio.

    A 12ª edição do Encceja no Japão é uma iniciativa conjunta dos ministérios da Educação e das Relações Exteriores. Os testes são elaborados e aplicados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). A certificação dos aprovados cabe à Secretaria de Educação do Distrito Federal.

    Para se inscrever, o estudante precisa apresentar o número do passaporte. O edital, a ficha de inscrição e o conteúdo a ser cobrado nas provas serão publicados na página eletrônica do Inep.

    Para atender cerca de 280 mil cidadãos — terceira maior comunidade brasileira no exterior, atrás apenas de Estados Unidos e Paraguai —, os ministérios da Educação e das Relações Exteriores oferecem exames de certificação da educação básica no Japão desde 1999. Até 2009, a certificação era responsabilidade da Secretaria de Educação do Paraná. Em 2010, não houve provas.

    Ionice Lorenzoni

    Republicada com alteração de conteúdo
  • Brasileiros farão provas no exterior em 10 de setembro

    O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2017 para brasileiros residentes no exterior será aplicado para 1.409 pessoas, em 14 cidades de dez diferentes países, no dia 10 de setembro. Haverá, ainda, aplicação para pessoas privadas de liberdade em dez penitenciárias de Tóquio (Japão). O Encceja Exterior PPL 2017 será aplicado entre 11 e 22 de setembro. O exame é uma oportunidade para jovens e adultos que não terminaram seus estudos na idade regular obterem o certificado de conclusão do ensino fundamental ou do ensino médio.

    ENCCEJA EXTERIOR - APLICAÇÃO PARA BRASILEIROS RESIDENTES NO EXTERIOR

    BÉLGICA – Bruxelas

    Institut Supérieur Industriel de Bruxelles (ISIB)

    Rue des Goujons, 28, 1070, Anderlecht

    ESPANHA – Madri

    Casa do Brasil

    Av. Arco de la Victoria, 3

    ESTADOS UNIDOS:

    Boston

    Consulado-Geral do Brasil em Boston

    175 Purchase Street

    Miami

    Must University

    1 Oakwood Blvd, Suite 120

    Nova York

    Jacqueline Kennedy Onassis High School

    120 West 46th St

    FRANÇA – Paris

    Embaixada Brasil em Paris

    34, cours Albert 1er

    GUIANA FRANCESA – Caiena

    École Élémentaire Publique Alexandrine Stanislas

    37 Avenue Léopold Héder, 97300

    HOLANDA – Amsterdam

    Mundus College

    Burgemeester Hogguerstraat 02, 1064EB

    JAPÃO:

    Hamamatsu

    Hamamatsu Gakuin University

    3-2-3 Nunohashi Naka-ku, Hamamatsu-shi Shizuoka-ken

    Nagóia

    Nagoya Sunsky Room

    Nagoya-shi Naka-ku Fushimi 1-18-22, Nagoya AT Bldg 2F

    Tóquio

    Escola Paralelo

    2743 Ryumai-Cho, Ota-Shi, Gunma-Ken

    PORTUGAL – Lisboa

    Universidade Lusófona

    Rua Campo Grande, 376

    REINO UNIDO – Londres

    Imperial College London

    South Kensington Campus, SW7 2AZ

    SUÍÇA – Genebra

    Anexo Vuache do Collège Voltaire

    Rue du Vuache, sem número, ao lado da Universidade Popular, 1201

    Assessoria de Comunicação Social, com informações do Inep

  • Brasileiros residentes no exterior realizam provas em 13 países

    Brasileiros residentes no exterior, que não tiveram a oportunidade de concluir seus estudos em idade apropriada e se inscreveram para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja Exterior regular), fazem provas neste domingo, 16. Bélgica (Bruxelas); Espanha (Barcelona e Madri); Estados Unidos (Boston, Nova Iorque e Miami); França (Paris); Guiana Francesa (Caiena); Holanda (Roterdã); Itália (Roma); Japão (Nagoia, Hamamatsu e Tóquio); Portugal (Lisboa); Reino Unido (Londres); Suíça (Genebra); e Suriname (Paramaribo) são os países e as cidades onde ocorrerão as provas. 

    Ao todo 1.452, participantes realizarão o Encceja. Haverá também aplicação do exame, no exterior, para as Pessoas Privados de Liberdade (PPL) ou que cumprem medidas socioeducativas, nas Unidades Prisionais da Guiana Francesa (Caiena), Japão (Tóquio) e Turquia (Istambul). 29 participantes farão as provas, que ocorrerão de 17 a 28 de setembro.

    A aplicação do Encceja Exterior regular 2018 é realizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em parceria com o Ministério das Relações Exteriores (MRE) e com as respectivas representações diplomáticas do Brasil nos locais de aplicação. Para o Encceja no exterior, a certificação é de responsabilidade do Instituto Federal de Brasília (IFB) e do Colégio Pedro II, do Rio de Janeiro, que firmaram Acordo de Cooperação Técnica com o Inep.

    Aplicação no Exterior – O exame é composto por quatro provas objetivas por nível de ensino e uma redação. Cada prova tem 30 questões de múltipla escolha. No Ensino Fundamental, as áreas de conhecimento avaliadas são: Ciências Naturais; Matemática; Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física e Redação; e História e Geografia. No Ensino Médio, as áreas são: Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, e Redação; e Ciências Humanas e suas Tecnologias.

    Resultados – Os participantes poderão acessar os resultados mediante consulta ao portal de divulgação de resultados do exame, utilizando o CPF e a senha cadastrada no ato da inscrição. Cabe ao Inep enviar os Certificados e as Declarações de Proficiência dos participantes ao Ministério das Relações Exteriores (MRE), que os encaminhará às Embaixadas e aos Consulados-Gerais do Brasil de cada país que tiver a aplicação. O recomendado é que os inscritos que obtiverem nota suficiente à certificação retirem seus Certificados nas Embaixadas ou Consulados-Gerais do Brasil nos países onde realizaram as provas.

    Assessoria de Comunicação Social

    ENCCEJA 
     
    Brasileiros residentes no exterior realizam provas em 13 países
     
    Brasília, 14/09/2018 – Brasileiros residentes no exterior, que não tiveram a oportunidade de concluir seus estudos em idade apropriada e se inscreveram para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja Exterior regular), fazem provas neste domingo, 16. Bélgica (Bruxelas); Espanha (Barcelona e Madri); Estados Unidos (Boston, Nova Iorque e Miami); França (Paris); Guiana Francesa (Caiena); Holanda (Roterdã); Itália (Roma); Japão (Nagoia, Hamamatsu e Tóquio); Portugal (Lisboa); Reino Unido (Londres); Suíça (Genebra); e Suriname (Paramaribo) são os países e as cidades onde ocorrerão as provas. 
    Ao todo 1.452, participantes realizarão o Encceja. Haverá também aplicação do exame, no exterior, para as Pessoas Privados de Liberdade (PPL) ou que cumprem medidas socioeducativas, nas Unidades Prisionais da Guiana Francesa (Caiena), Japão (Tóquio) e Turquia (Istambul). 29 participantes farão as provas, que ocorrerão de 17 a 28 de setembro.
    A aplicação do Encceja Exterior regular 2018 é realizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em parceria com o Ministério das Relações Exteriores (MRE) e com as respectivas representações diplomáticas do Brasil nos locais de aplicação. Para o Encceja no exterior, a certificação é de responsabilidade do Instituto Federal de Brasília (IFB) e do Colégio Pedro II, do Rio de Janeiro, que firmaram Acordo de Cooperação Técnica com o Inep.
    Aplicação no Exterior – O exame é composto por quatro provas objetivas por nível de ensino e uma redação. Cada prova tem 30 questões de múltipla escolha. No Ensino Fundamental, as áreas de conhecimento avaliadas são: Ciências Naturais; Matemática; Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física e Redação; e História e Geografia. No Ensino Médio, as áreas são: Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, e Redação; e Ciências Humanas e suas Tecnologias.
    Resultados – Os participantes poderão acessar os resultados mediante consulta ao portal de divulgação de resultados do exame, utilizando o CPF e a senha cadastrada no ato da inscrição. Cabe ao Inep enviar os Certificados e as Declarações de Proficiência dos participantes ao Ministério das Relações Exteriores (MRE), que os encaminhará às Embaixadas e aos Consulados-Gerais do Brasil de cada país que tiver a aplicação. O recomendado é que os inscritos que obtiverem nota suficiente à certificação retirem seus Certificados nas Embaixadas ou Consulados-Gerais do Brasil nos países onde realizaram as provas.
    Assessoria de Comunicação Social
    Palavras-chave: Encceja, exterior, PPL
    tira o destaque do professores do brasil, por favor?
  • Cadastro para programas sociais dá direito à isenção de taxa

    A isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 é garantida aos estudantes que se declararem em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Para isso, é necessário que o solicitante seja membro de família de baixa renda e que esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), por ter renda familiar per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

    O participante que solicitar isenção da taxa de inscrição, por estar incluído no CadÚnico, deverá informar o seu Número de Identificação Social (NIS) único e válido de acordo com o Decreto nº 6.135/2007. O pedido deve ser feito por meio da Página do Enem 2018 na internet.

    Os estudantes contemplados por esse decreto fazem parte do grupo que tem direito à gratuidade da inscrição do Enem. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) preparou um tutorial explicando o passo a passo para a solicitação da isenção da taxa.

    Além desses estudantes, terá direito à isenção o participante que: tenha participado do Encceja 2017, na modalidade do ensino médio e que tenha obtido proficiência que permita certificação na área de conhecimento em que se inscreveu; tenha cursado todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada e tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio (Lei nº 12.799/2013); e estiver cursando a última série do ensino médio em 2018, em qualquer modalidade de ensino, em escola da rede pública declarada ao Censo da Educação Básica.

    O período de recursos será entre 23 e 29 de abril, quando o interessado terá a oportunidade de apresentar novos documentos caso tenha a solicitação negada. A relação de documentos aceitos no caso de recursos está listada no página do Enem 2018, na opção “solicite a isenção” e no Portal do Inep.

    Assessoria de Comunicação Social

  • Candidato à certificação pode conferir gabaritos das provas

    Estão liberados para consulta, pela internet, os gabaritos do Exame Nacional para Certificação de Competência de Jovens e Adultos (Encceja). As provas foram aplicadas em maio último a brasileiros residentes no Japão e a pessoas privadas de liberdade e sob medida socioeducativa. Os resultados do exame serão divulgados no segundo semestre.

    Em busca da certificação do ensino fundamental, cerca de 15 mil candidatos fizeram as provas nas unidades prisionais e socioeducativas de 20 estados e do Distrito Federal. No Japão, mais de dois mil interessados participaram do exame para os ensinos fundamental e médio.

    Os aprovados no Encceja estarão habilitados se atingirem pelo menos 100 pontos em cada área do conhecimento e cinco pontos na redação. A certificação dos aprovados cabe às secretarias de Educação estaduais e do Distrito Federal.

    Os gabaritos podem ser conferidos na página eletrônica do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).


    Assessoria de Imprensa do Inep
  • Candidatos à certificação de competências já podem acessar o cartão do participante



    Os mais de 1,5 milhão de inscritos no Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja Nacional) 2017 já podem consultar o local onde farão suas provas. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) liberou o acesso ao cartão de confirmação da inscrição nesta quarta-feira, 8, na página do participante. Para acessar o cartão, basta fornecer o CPF e senha cadastrada. Para aqueles que esqueceram a senha, o Inep preparou um passo a passo completo com as orientações para recuperação de senha.

    O cartão informa o número de inscrição, a data, hora e local das provas e os atendimentos específicos ou especializados, caso tenham sido solicitados. O Inep sugere que todos os participantes, principalmente aqueles com atendimento diferenciado – específico, especializado e por nome social – confiram esses dados com antecedência. Outra orientação é fazer o trajeto antes do dia do exame, para verificar a distância, o tempo gasto e a melhor forma de chegar ao seu local de prova, evitando atrasos no dia da aplicação.

    Com o aperfeiçoamento do Enem 2017, a certificação volta a ser feita pelo Encceja (Foto: Mariana Leal/MEC)

    O Encceja Nacional Regular será aplicado em 19 de novembro para 1.573.862 pessoas. Dessas, 301.583 farão provas para o ensino fundamental e 1.272.279, para o ensino médio. O exame será aplicado em 564 municípios distribuídos em todas as unidades da Federação. As provas serão realizadas no turno matutino e vespertino, sempre seguindo o horário oficial de Brasília. 

     Senhas – Há três situações possíveis para a recuperação da senha. A recuperação simples é para aqueles participantes que esqueceram a senha, mas lembram o e-mail cadastrado para onde uma nova senha será enviada. Já o participante que não se lembra da senha, nem do e-mail, mas se lembra do telefone cadastrado, pode receber a nova senha por SMS. Aquele participante que não se lembra da senha, do e-mail e do celular deverá cadastrar novos dados de contato. Para todas essas opções a página do participante tem orientações específicas.
     

    Passo a passo - Recuperação simples:

    1) Acesse a página do participante do Encceja 2017.

    2) Forneça seu CPF, responda ao desafio das figuras e clique em Esqueci minha senha.

    3) Uma nova tela mostrará seu CPF e alguns caracteres do e-mail cadastrado na inscrição, para sua conferência. Responda novamente ao desafio das figuras e clique em Enviar nova senha por e-mail. Uma nova senha será enviada para o e-mail cadastrado.

    Passo a passo - Recuperação de e-mail e celular esquecidos

    1) Acesse a página do participante do Encceja2017.

    2) Forneça seu CPF, responda ao desafio das figuras e clique em Esqueci minha senha.

    3) Uma nova tela mostrará seu CPF e alguns caracteres do e-mail cadastrado na inscrição para sua conferência.

    4) Se você não se lembra ou não tem acesso ao e-mail revelado, responda novamente ao desafio das figuras e clique em Não tenho acesso a este e-mail.

    5) Uma nova tela mostrará seu CPF e alguns caracteres do celular cadastrado na inscrição para sua conferência.

    6) Se você também não se lembra ou não tem acesso ao telefone revelado, responda novamente ao desafio das figuras e clique em Não tenho acesso a este telefone celular.

    7) Por não se lembrar nem da senha, nem do e-mail, nem do celular, você precisará alterar seus dados de contato para envio de uma nova senha. Em uma nova tela, preencha os campos solicitados, responda ao desafio das figuras e clique em Salvar novos dados de contato e enviar nova senha.

    8) Uma mensagem de confirmação de dados será exibida na tela. Uma notificação será enviada para o e-mail cadastrado na inscrição informando detalhes da alteração. Uma senha temporária será enviada para o e-mail recentemente cadastrado.

    Horários do Encceja Nacional Regular 2017:

     

    Acesse a página do participante

    Assessoria de Comunicação Social, com informações do Inep

     

     

  • Candidatos devem ficar atentos a horários do exame em cada região

    Destinado a conferir certificado de conclusão dos ensinos fundamental e médio, o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para residentes no Brasil ocorrerá neste domingo, 19. Os candidatos devem ficar atentos às diferenças de fuso horário em seus estados para não perder a hora.

    As provas serão aplicadas em dois turnos. No matutino, os portões serão abertos às 8h e fechados às 8h45, de acordo com o horário de Brasília. O exame terá início às 9h e encerrará às 13h. Neste dia, serão abordadas questões de ciências naturais, história e geografia, para o ensino fundamental. Já para o ensino médio, as áreas serão ciências da natureza e suas tecnologias e ciências humanas e suas tecnologias.

    No turno da tarde, os portões abrirão às 14h e fecharão às 15h15, também conforme o horário de Brasília. As provas começarão às 15h30 e terminarão às 20h30. Para candidatos do ensino fundamental, será a vez de língua portuguesa, língua estrangeira moderna, artes, educação física, matemática e redação. Os do ensino médio responderão questões de linguagens e códigos e suas tecnologias, redação e matemática e suas tecnologias.

    Seguem horário igual ao de Brasília: Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. As variações são registradas nos demais estados. Em Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe e Tocantins, os portões abrirão às 7h e fecharão às 7h45, e, posteriormente, abrirão às 13h30 e fecharão às 14h15.

    No Acre, os estudantes poderão entrar das 5h às 5h45 no turno da manhã. À tarde, das 11h30 às 12h15. Amazonas, Rondônia e Roraima terão portões abertos às 6h e fechados às 6h45 e, à tarde, reabertos às 12h30, fechando-se às 13h15.

    A participação no Encceja é voluntária e gratuita, destinada aos jovens e adultos residentes no Brasil e no exterior, incluindo pessoas privadas de liberdade que não tiveram oportunidade de concluir os estudos na idade apropriada. As provas para os detentos ocorrerão no dia 19 de dezembro.

    Para obter a certificação do ensino fundamental, é preciso ter, no mínimo, 15 anos completos na data de realização do exame. Já a certificação do ensino médio exige a idade mínima de 18 anos completos no dia de aplicação da prova.

    Assessoria de Comunicação Social

     

  • Candidatos podem acessar cartão de confirmação; prova será em 25 de agosto

    Giulliano Fernandes, do Portal MEC

    Está disponível o cartão de confirmação do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2019, na Página do Participante da avaliação, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

    As provas serão aplicadas em 25 de agosto, em 611 municípios. A avaliação ocorre no período da manhã e à tarde, em todos os estados e no Distrito Federal, nos municípios indicados no edital.

    No dia do exame, os portões de acesso aos locais do exame serão abertos às 8h e fechados às 8h45 para as provas aplicadas pela manhã. À tarde, os candidatos podem entrar as 14h30 até 15h15, de acordo com o horário oficial de Brasília. É proibida a entrada após o fechamento dos portões.

    Encceja para Ensino Fundamental:

    • Língua Portuguesa;

    • Língua Estrangeira Moderna;

    • Artes;

    • Educação Física;

    • Redação;

    • Matemática;

    • História;

    • Geografia;

    • Ciências Naturais.

    Encceja para Ensino Médio:

    • Linguagens;

    • Códigos e suas tecnologias;

    • Redação;

    • Matemática e suas Tecnologias;

    • Ciências Humanas e suas Tecnologias;

    • Ciências da Natureza e suas Tecnologias.

    Encceja – A avaliação é destinada a brasileiros que não concluíram o ensino fundamental ou médio em idade adequada. Com os resultados da prova é possível adquirir essa certificação.

    De forma gratuita e voluntária, podem participar jovens e adultos que moram no Brasil ou no exterior (que farão as provas em outra data), inclusive pessoas presas. No entanto, é preciso ter, no mínimo, 15 anos para certificação do fundamental e 18 anos para o médio.

  • Candidatos podem conferir na internet onde farão a prova

    Os candidatos inscritos para o Exame Nacional de Certificação de Competências (Encceja) 2014 já podem consultar na internet onde farão prova. Foi publicada, nesta sexta-feira, 16, na página do exame, a lista com os locais de aplicação do teste no Brasil e no exterior.

    Organizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o exame é voltado a jovens e adultos que não tiveram a oportunidade de concluir os estudos na idade apropriada.

    Os candidatos do Encceja Brasil receberão cartões de confirmação pelos Correios. Já os inscritos para o exame no exterior e em unidades prisionais deverão consultar os locais da prova somente pela internet.

    Certificação – Os resultados garantem a certificação de conclusão do ensino fundamental para quem vive no Brasil e dos ensinos fundamental e médio para aqueles que moram no exterior. No Brasil, a certificação para o ensino médio é realizada por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

    As provas do Encceja Nacional serão realizadas em 1º de junho, em todos os estados e no Distrito Federal. No Japão, as provas do ensino fundamental serão realizadas em 31 de maio. E para o ensino médio, em 1º de junho. Em Portugal, Guiana Francesa, Bélgica e Estados Unidos, os exames para o ensino fundamental serão aplicados em 7 de junho. E para o ensino médio, em 8 de junho.

    Acesse o sistema de consulta do Encceja

     

    Fabiana Pelles

  • Candidatos que fizeram prova no exterior têm acesso a resultados

    Já está disponível no portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) o resultado do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), para quem fez a prova no exterior, para pessoas privadas de liberdade e jovens sob medidas educativas.

    O Encceja é uma avaliação voluntária e gratuita disponível às pessoas que não tiveram a oportunidade de concluir o ensino fundamental em idade apropriada. Seu objetivo é aferir competências, habilidades e saberes adquiridos tanto no processo escolar quanto no extraescolar.

    No Brasil e no exterior, o exame pode ser realizado por pessoas que têm no mínimo 15 (quinze) anos completos na data de realização das provas, e vale certificação no nível de conclusão do ensino fundamental. Já a certificação do ensino médio é realizada com os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), desde 2009, quando foi instituído.

    O resultado para os demais participantes foi divulgado em 30 de setembro e também está disponível no portal do Inep.

    Assessoria de Comunicação Social do Inep
  • Candidatos têm até esta sexta-feira, 30, para enviar recursos

    O prazo para recursos de quem fez Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2019 termina nesta sexta-feira, 30 de agosto. A prova foi aplicada no último domingo, 25. O procedimento deve ser realizado na Página do Participante.

    O recurso pode ser feito por inscritos que tiveram problemas logísticos e perderam a prova ou por participantes que se sentiram prejudicados de alguma forma durante o processo de aplicação do exame.

    Cada contestação será analisada individualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação (MEC) e responsável pela aplicação do Encceja.

    Os gabaritos da prova serão disponibilizados na Página do Inep até o dia 6 de setembro. A divulgação dos resultados, com a nota da redação, está prevista para dezembro.

    Encceja – O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos é voltado para pessoas que não terminaram os estudos na idade adequada e desejam obter a certificação de conclusão do ensino fundamental ou médio.

    Na edição deste ano, a prova foi aplicada em 613 e atingiu a marca recorde de 1.185.945 participantes, um aumento de 45% em relação ao ano passado.

    Assessoria de comunicação social, com informações do Inep

Fim do conteúdo da página