Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Escola de Fronteira

O Projeto Escola Intercultural Bilíngüe de Fronteira (PEIBF) tem o intuito de promover o intercâmbio entre professores dos países do Mercosul. Criado em 2005 por uma ação bilateral Brasil-Argentina, o projeto fechou 2008 com 14 escolas dos dois países, e abre 2009 com 26 escolas, em cinco países (ver tabela). O objetivo principal do Projeto Escola Intercultural Bilíngue de Fronteira é a integração de estudantes e professores brasileiros com os alunos e professores dos países vizinhos. O foco é a integração, a quebra de fronteira, além da ampliação das oportunidades do aprendizado da segunda língua.

A metodologia adotada no projeto é a de ensino por projetos de aprendizagem. Os professores, de ambos os países, realizam o planejamento das aulas juntos e determinam em quais partes do projeto os professores realizarão o intercâmbio, pelo menos uma vez por semana. Portanto, o que ocorre no PEIBF não é o ensino de língua estrangeira, mas o ensino em língua estrangeira, criando um ambiente real de bilingüismo para os alunos.

Faixa de fronteira

Programação do II Seminário do Projeto Escolas Bilingues de Fronteira, a ser realizado em Porto Alegre (RS) entre os dias 5 e 7 de dezembro

Mapa Cidades Gêmeas

Documento Projeto Escola Intercultural Bilíngüe de Fronteira (PEIBF) - versão preliminar

 

X
Fim do conteúdo da página