Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Instituto Federal de Brasília oferta 1.800 vagas em cursos on-line de qualificação profissional
Início do conteúdo da página
Conta pra Mim

Confira como foi a estadia do Tito em mais cinco capitais brasileiras

  • Quinta-feira, 06 de fevereiro de 2020, 11h05
  • Última atualização em Quinta-feira, 06 de fevereiro de 2020, 14h07

Itinerário da mascote estimula contação de histórias e incentiva novos contadores mirins a se aventurarem pelo mundo da literatura


O urso Tito, mascote do Conta pra Mim, em Recife (PE) (Foto: Grupo Four Midia/Divulgação - 19/01/2020)


Tatiana Sócrates, do Portal MEC

Porto Alegre, Curitiba, Salvador, Recife e Fortaleza. As cinco capitais receberam, entre 10 e 23 de janeiro, a visita do ursinho Tito com sua campanha em prol da literacia familiar. Os locais escolhidos foram shoppings centers por serem pontos onde crianças, acompanhadas de familiares ou amigos, circulam dia e noite.

A mascote do programa Conta pra Mim, como de praxe, ficou dois dias em cada cidade, mas o cantinho de leitura permaneceu com suas atividades ao longo de 10 dias nos centros de lazer, sempre com a presença dos contadores de histórias, treinados pelo Ministério da Educação (MEC).

Tito nas cidades – Na capital gaúcha, onde Tito esteve nos dias 10 e 11 de janeiro para abrir a campanha, o grande diferencial foi o fato de o contador de histórias Lucas Bassualdo, 27 anos, ser fluente em Língua Brasileira de Sinais (Libras). Ele realizou a campanha nessa linguagem, interagindo com crianças e pais. O objetivo foi fazer esse público infantil ser igualmente impactado com a prática da literacia familiar.

Nos dias 13 e 14, em Curitiba, Camila Lima de Assis Monteiro, 22 anos, integrante do Movimento Escoteiro, e o ursinho aproveitaram a experiência do escotismo para aplicá-la às atividades educativas de forma especialmente lúdica. Prendeu a atenção das crianças e conseguiu, assim, passar a mensagem da campanha aos pais.

No shopping baiano, os dias 16 e 17 de janeiro foram marcados pela ação efetiva da cantora profissional Maira Lins de Queiroz Pereira, 27 anos, e da mascote. Além disso, a equipe ofertou lápis de cores no cantinho da leitura para as crianças realizarem as atividades do livreto que ganharam. Isso permitiu com que a meninada quisesse permanecer no espaço o máximo de tempo possível. A contadora ainda fez rodas de canto e danças com as crianças e seus responsáveis.

Nos dias 19 e 20, foi a vez de Tito chegar a Recife. Juliana Domingos da Silva Souza, 35 anos, utilizou técnicas de audiodescrição para promover a inclusão de pessoas com deficiência visual na ação. 

Atriz profissional e professora, Steffanny Bezerra, 32 anos, de Fortaleza, teve um jeito especial de praticar a contação de histórias não apenas nos dois dias, 22 e 23 de janeiro, com a presença de Tito, mas ao longo dos 10 dias seguintes. Atraindo crianças, jovens e adultos, ela repassou a mensagem principal do Conta pra Mim: pratiquem a literacia familiar em casa.

Conta pra Mim – Lançado em dezembro de 2019, o programa visa a difundir a prática da literacia familiar, ou seja, de pais, mães e responsáveis lerem para as crianças. A iniciativa faz parte da Política Nacional de Alfabetização (PNA) e reúne uma série de materiais para orientar as famílias a como contribuir na construção do projeto de vida e do sucesso escolar dos pequenos.

Assunto(s): Conta pra Mim , Tito
X
Fim do conteúdo da página