Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Diversidade

Haddad e Gil comemoram ações de incentivo à leitura

  • Quarta-feira, 30 de agosto de 2006, 12h14
  • Última atualização em Segunda-feira, 21 de maio de 2007, 10h38

Foto: Wanderley PessoaRio de Janeiro - Em solenidade realizada nesta quarta-feira, dia 30, no Rio de Janeiro, os ministros da Educação, Fernando Haddad, e da Cultura, Gilberto Gil, consideraram a instalação do Conselho Diretivo do Livro e Leitura e da Câmara Interministerial de Cultura e Educação como símbolo da retomada das ações conjuntas entre os dois ministérios. "Até 2004, educação e cultura estavam divorciados, o que mudou de dois anos para cá", disse Gilberto Gil.

Segundo Haddad, um exemplo dessa integração são os prédios recuperados pelo programa Monumenta, do Ministério da Cultura. Eles  abrigarão parte das instalações de universidades construídas a partir do plano de expansão do ensino superior. "Os campi de Santo Antônio de Jesus e Cachoeiro, na Bahia, funcionarão em prédios restaurados pelo Monumenta", explicou Haddad. De acordo com Gil, essa integração significa a união do sangue do intelectual com a alma do poeta. Existem mais de cem ações de incentivo à leitura em andamento no País, graças à parceria dos dois ministérios.

Previsto no Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL), criado em 10 de agosto, o Conselho Diretivo do Livro e Leitura tem sete membros. Entre suas atribuições está a de coordenar o PNLL e zelar pela implementação do plano. A Câmara Interministerial de Cultura e Educação terá como função integrar as ações de educação e cultura no País, a gestão integrada e a promoção de políticas para o ensino da língua portuguesa.

Repórter: Rodrigo Dindo

 

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página