Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Conheça as cinco competências cobradas na redação do Enem
Início do conteúdo da página
Diversidade

Lula entrega diplomas a turmas de alfabetização

  • Quarta-feira, 19 de outubro de 2005, 10h48
  • Última atualização em Terça-feira, 15 de maio de 2007, 10h09

Foto: Wanderley PessoaO presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e o ministro da Educação, Fernando Haddad, participam sábado, dia 22, no Rio de Janeiro, da formatura de cerca de 40 mil alunos de cursos de alfabetização e educação de jovens e adultos (EJA). O evento será realizado na Cidade do Rock (Avenida Salvador Allende, Barra da Tijuca). As turmas reúnem pessoas com mais de 15 anos.

Do total, 32.652 são formandos do programa Brasil Alfabetizado, numa parceria do Ministério da Educação com o Serviço Social da Indústria (Sesi) e a Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan). Os outros 4.471, formados no Brasil Alfabetizado, ingressaram no projeto Transformar, outra parceria entre MEC, Sesi e Firjan, que alia a educação de jovens e adultos ao ensino profissionalizante. Eles estão concluindo a primeira etapa do projeto, equivalente ao primeiro segmento do ensino fundamental.

Para o titular da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (Secad/MEC), Ricardo Henriques, o projeto representa um exemplo concreto da articulação entre alfabetização e educação de jovens e adultos, uma política do MEC, e também uma experiência de EJA profissionalizante. “A ação fortalece a política de entender a alfabetização como um processo que tem início no Brasil Alfabetizado e continuidade na EJA”, disse Henriques.

Desde 2004, a Secad centraliza as políticas de alfabetização e EJA. Criado em 2003 pelo governo federal, o Brasil Alfabetizado tem como meta enfrentar o alto índice de analfabetismo no país. Em 2003 e 2004, o programa atendeu 3,3 milhões de pessoas. Para este ano, a meta é chegar a 2,2 milhões de brasileiros com mais de 15 anos.

Na EJA, os resultados também são positivos. O programa Fazendo Escola, que destina recursos suplementares a estados e municípios para manutenção das turmas, atendeu, em 2004, 1.834.235 jovens e adultos de 2.088 municípios. Este ano, 3.342.531 estudantes de 4.175 municípios recebem recursos do MEC, que destinou R$ 486 milhões ao programa.

Repórter: Iara Bentes

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página