Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Medida provisória vai garantir recursos para creches e pré-escolas
Início do conteúdo da página
Educação a distância

TV Escola mostra a História do Brasil no cinema

  • Segunda-feira, 05 de setembro de 2005, 12h12
  • Última atualização em Segunda-feira, 14 de maio de 2007, 12h20

A TV Escola preparou uma programação especial para o dia da Independência do Brasil. Três filmes de curta metragem que tratam do tema serão exibidos e repetidos ao longo do dia 7 de setembro das 8h às 24h. Todas as produções serão comentadas por historiadores e professores de áreas afins.

O primeiro filme a ser exibido será Independência, da série Panorama Histórico Brasileiro, que aborda o período entre a vinda da família real portuguesa para o Brasil, em 1808, e a Proclamação da Independência, em 1822. O documentário mostra a renovação cultural promovida pela corte portuguesa, com artistas que introduziram o estilo neoclássico em substituição ao barroco colonial.

Em seguida, a programação apresenta Rebeliões no Império, da série 500 Anos: o Brasil-Império na TV, que fala sobre o retorno de D. João VI a Portugal e suas conseqüências, como o aumento das tensões e o confronto entre forças tradicionais e renovadoras. O filme mostra como a Revolução do Porto, que impôs limites ao absolutismo, afetou o Brasil.

Na Sala de Professor, o filme exibido será Império, da série História do Brasil por Boris Fausto. Por meio de entrevistas, documentos e imagens do povo, é traçado um panorama político, social e econômico do país no período de 1822 a 1889, quando o Brasil era o único país independente da América do Sul governado por uma monarquia.

História do Brasil no auditório – Para o público interno, o MEC preparou a exibição, entre 5 e 9 de setembro, de quatro filmes sobre a história do Brasil. As produções escolhidas retratam períodos históricos diferenciados, como o descobrimento do país, a Inconfidência Mineira, a Proclamação da Independência e o regime militar.

No dia 5, o filme escolhido é Tiradentes, trajetória de Joaquim José da Silva Xavier, líder da Inconfidência Mineira, movimento de independência surgido em Vila Rica (Ouro Preto) em 1789. No dia 6, será apresentado Independência ou Morte, que mostra desde o regresso de D. João VI a Lisboa até a Proclamação da Independência por D. Pedro I.

Lamarca será a produção exibida no dia 8. Trata-se de um drama político sobre a vida do capitão Carlos Lamarca, que deixa as fileiras do Exército para ingressar na luta armada contra a ditadura militar do Brasil. No dia 9, Caramuru, a Invenção do Brasil, uma comédia sobre o período da chegada dos portugueses. Com Selton Mello, Débora Bloch, Luís Mello, Camila Pitanga, Déborah Secco.

Os filmes serão exibidos sempre ao meio-dia no auditório do edifício-sede do Ministério da Educação, na Esplanada dos Ministérios, Bloco L, térreo. Todos os filmes têm entrada franca. (Assessoria de Imprensa da Seed)

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página