Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Bolsista indígena é o primeiro da etnia iecuana a obter título
Início do conteúdo da página
Investimento

Ministro inaugura obras e libera recursos para o Instituto Federal do Espírito Santo

  • Terça-feira, 18 de dezembro de 2018, 20h55

Nesta terça-feira, o ministro da Educação, Rossieli Soares, inaugurou as obras de expansão dos campi Vila Velha e Serra, do Instituto Federal do Espírito Santo (IFES). (Foto: André Nery/MEC)

O ministro da Educação, Rossieli Soares, inaugurou nesta terça-feira, 18, as obras de expansão dos campi Vila Velha e Serra, do Instituto Federal do Espírito Santo (IFES). Na ocasião, também foi assinada a liberação de recursos no valor de R$ 1,5 milhão para a aquisição de mobiliário e equipamentos para o campus Vila Velha.

Rossieli Soares destacou a importância da formação técnica e profissional. “É um caminho muito importante e não é o fim da linha. Nós temos que levar em consideração a eficiência do trabalho realizado pelos institutos. O Brasil precisa acertar mais. E a educação técnica e os institutos federais são certamente um dos caminhos que temos que seguir”, ressaltou o ministro.

Em Vila Velha, foi inaugurado o Bloco Acadêmico B, que conta com 3 mil metros quadrados e terá capacidade para receber 800 novos estudantes. O espaço compreende salas de aula, laboratórios, miniauditório e a nova biblioteca do campus. Foram investidos cerca de 10 milhões nas obras.

As atividades no campus tiveram início em 2012. Atualmente, são atendidos cerca de mil alunos, 59 docentes, 45 técnicos administrativos e sete servidores. São oferecidos cursos de formação inicial e continuada (FIC), técnicos integrados ao ensino médio, concomitantes e subsequentes, além de especializações técnicas, cursos superiores e especializações lato e stricto senso. Já no campus Serra foi inaugurado o Bloco 9, que conta com 2,5 mil metros quadrados e vai poder receber 800 novos estudantes. São salas de aula, laboratórios e salas administrativas, enfermaria, serviço social e psicologia distribuídas em dois pavimentos. O investimento foi de cerca de R$ 4 milhões. “Hoje temos uma poderosa rede no Espírito Santo”, ressaltou o governador Paulo Hartung.

O campus começou suas atividades em março de 2001 e hoje conta com 1.450 alunos, 90 docentes e 68 técnicos administrativos. São ofertados cursos FIC, educação de jovens e adultos, técnicos integrados ao ensino médio, concomitantes e subsequentes, superiores e mestrado profissional.

História – Embora o IFES tenha sido criado em 2008, a instituição tem mais de 100 anos. Isso porque reúne escolas tradicionais do Espírito Santo, como o campus Vitória, que teve origem na Escola de Aprendizes e Artífices do Espírito Santo, fundada em 1910. Sua estrutura hoje conta com 21 campi e 32 polos de apoio presencial para educação a distância, que oferece quase 300 cursos.

Assessoria de Comunicação Social

X
Fim do conteúdo da página