Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > MEC lamenta a morte do ex-ministro Adib Jatene
Início do conteúdo da página
Ensino-aprendizagem

Telejornal na escola amplia colaboração entre alunos

  • Sexta-feira, 18 de dezembro de 2009, 11h55
  • Última atualização em Sexta-feira, 18 de dezembro de 2009, 11h55

O interesse de um grupo de alunos em repassar o conteúdo aprendido em aulas de ciências e história aos demais colegas levou a professora Tatiana Bianca Basso a criar o Telejornal na Escola. Bem-sucedido, o projeto foi um dos vencedores da quarta edição do Prêmio Professores do Brasil.


Desenvolvido nas turmas A e B do quinto ano (quarta série) da Escola de Ensino Básico Júlia Lopes de Almeida, de Blumenau, Santa Catarina, a partir de abril deste ano, o projeto partiu de uma experiência-piloto, com o nome de Repórter por um Dia. Os alunos das duas turmas, divididos em equipes, ficaram responsáveis pela seleção do conteúdo a ser apresentado. À professora coube fazer a gravação das apresentações, com uma câmera digital. O sucesso foi tão grande que o projeto foi ampliado. “Então, surgiu a ideia de fazermos um noticiário educativo, a ser apresentado no pátio da escola, no horário do almoço, com assuntos de interesse de todos os estudantes, como dicas e curiosidades, além de informações sobre os trabalhos realizados na escola”, conta Tatiana.


Os alunos passaram a fazer entrevistas com diferentes personagens — diretor da escola, professores, estudantes e merendeiras — e incluíram temas como a história da escola e preservação ambiental. Eles sugeriram à professora a inclusão do telejornal na internet. Assim, todo o conteúdo foi inserido no Orkut, com fotos e vídeos de todo o trabalho das turmas. Os estudantes também criaram um blog, que funciona como um portal de comunicação, para divulgar informações sobre a escola.


Mudanças — Formada em pedagogia, com habilitação em séries iniciais, pós-graduação em interdisciplinaridade e 12 anos de experiência no magistério, Tatiana observa muitas mudanças nos alunos a partir da execução do projeto. “Há melhorias na auto-estima, expressão corporal, oralidade, produção escrita e conhecimento básico, com as tecnologias de informação e de comunicação (Tics)”, observa. “Também há troca de experiências e maior cooperação entre eles.”


Alguns alunos se destacaram na função de repórter e foram convidados pela TV da Universidade Regional de Blumenau para fazer a cobertura jornalística de jogos escolares. “Eles já estão fazendo trabalhos de reportagem. Com isso, passam a acreditar nos sonhos e a pensar no futuro profissional”, ressalta a professora.

Fátima Schenini

X
Fim do conteúdo da página