Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Lançamento do PDE em Goiás nesta quinta
Início do conteúdo da página
Ações internacionais

Educação superior avalia desafios da integração em BH

  • Sexta-feira, 17 de novembro de 2006, 08h19
  • Última atualização em Quarta-feira, 23 de maio de 2007, 09h23

17/11/2006 10h15 

Visite o hotsite do eventoRepresentantes de governos, universidades e especialistas dos países do Mercosul avaliam na próxima semana os desafios e as expectativas da educação superior na região. O Fórum da Educação Superior no Mercosul, de terça-feira, 21, a quinta-feira, 23,
consta de conferências sobre quatro temas: educação superior no contexto internacional, desafios, integração regional e ações conjuntas – e de debates. Cada tema ficará na pauta durante uma manhã ou uma tarde e, ao final, será consolidado um relatório com as recomendações.

Visite o hotsite do 3º Fórum Educacional do Mercosul.

 

O produto das discussões deste fórum será um dos pontos da pauta da reunião de ministros da Educação do Mercosul, na sexta-feira, 24.

Governos, pesquisadores e entidades vão abordar temas que desafiam a maioria dos países do bloco. Entre os principais tópicos, estão a participação e responsabilidade das universidades na formação de professores para a educação básica, reforma dos sistemas de educação superior, além da mobilidade de professores, pesquisadores, estudantes e gestores entre os países do bloco. As Parcerias Público-Privadas (PPP), que podem dinamizar recursos para as instituições, também fazem parte da agenda.

Participantes – O Fórum da Educação Superior vai reunir universidades públicas e privadas, entidades da educação superior dos países do Mercosul, especialistas e representantes dos ministérios da Educação da Argentina, Brasil, Bolívia, Uruguai, Paraguai, Chile, Colômbia, Venezuela, Peru e Equador. Do Brasil, estarão presentes reitores e pesquisadores das universidades federais do Rio de Janeiro (UFRJ), Paraná (UFPA), Bahia (UFBA), Rio Grande do Sul (UFRGS), São Paulo (Unifesp); das estaduais de São Paulo (USP e Unicamp); e de entidades dos segmentos da educação superior, entre elas, Associação Brasileira de Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (Abruem), Associação Brasileira das Universidades Comunitárias (Abruc), Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras (Crub), Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes).

O evento será aberto terça-feira, 21, às 9h, pela presidente do Instituto Internacional para a Educação Superior na América Latina e Caribe (Iesalc) e ex-reitora da UFMG, Ana Lúcia Gazzolla. O Iesalc, que tem sede em Caracas, Venezuela, é um órgão da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Os debates do fórum acontecem no auditório da reitoria da Universidade Federal de Minas Gerais, em Belo Horizonte, sob a coordenação da Secretaria de Educação Superior (SESu/MEC).

Ionice Lorenzoni

Leia mais...
Confira as notícias do 3º Fórum Educacional do Mercosul
Programação completa do evento

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página