Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Estrangeiros podem se inscrever a exame de proficiência em português
Início do conteúdo da página
Ações internacionais

Missão de Moçambique conhece programa de alimentação escolar

  • Sexta-feira, 11 de maio de 2007, 15h03
  • Última atualização em Quinta-feira, 21 de junho de 2007, 05h51

Uma missão do governo de Moçambique estará em Brasília, na próxima segunda-feira, 14, para conhecer a estrutura e o funciotitle_aliasnto do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE/MEC). A missão terá encontros, ainda, com autoridades do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea) e com membros do Conselho de Alimentação Escolar de Goiás e Distrito Federal.

No dia 15, o grupo conhecerá o Instituto de Permacultura, em Pirenópolis (GO), e a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), empresa pública vinculada ao Ministério da Agricultura. Dia 16, participa do seminário nacional Educando com Horta Escolar e de reunião com a Associação Brasileira de Cooperação (ABC), do Ministério das Relações Exteriores. Na quinta-feira, 17, a missão vai à Bahia visitar o projeto de agricultura familiar do município de Serrinha.

A comitiva de Moçambique é composta pelo diretor nacional para os programas especiais do Ministério da Educação, Eurico Banze; o diretor nacional adjunto da Planificação, Cremildo Binana; e pelos representantes do Programa Mundial de Alimentos (PMA), Carla Honwana e José Castillo.

Acordo — A cooperação brasileira com países africanos de língua portuguesa é resultado de memorando de entendimento assinado em outubro de 2005 entre o FNDE e a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO/ONU), para disseminar o modelo do Pnae em países em desenvolvimento. Na mesma ocasião, o governo brasileiro se comprometeu a cooperar na implementação de programas de alimentação escolar em Angola, Moçambique e Cabo Verde.

Em agosto de 2006, técnicos do FNDE visitaram Moçambique para assessorar o governo local na elaboração e implantação do seu programa de alimentação escolar. Para conhecer a realidade moçambicana, a equipe do FNDE viajou dois dias pelo interior do país visitando escolas de diversas províncias. A assistência brasileira envolve a construção do modelo do programa e a capacitação de nutricionistas, gestores, agentes de controle social e merendeiras.

Lucy Cardoso

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página