Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Pará é um dos maiores beneficiários do Fundebinho
Início do conteúdo da página
Reuni

Instituição do semiárido multiplica vagas

  • Quarta-feira, 12 de março de 2008, 15h42
  • Última atualização em Sexta-feira, 28 de agosto de 2009, 09h03

O programa de expansão universitária realizou um sonho de 38 anos, transformando a Escola Superior de Agricultura de Mossoró (Esam) em universidade. A Esam se tornou a Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa). Com o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni) a Ufersa vai praticamente dobrar a oferta de cursos de graduação, passando de 10 para 19 até 2012. 


A instituição, criada em julho de 2005, é voltada para a área de ciências agrárias e proporciona aos moradores da região a possibilidade de ingresso em cursos de graduação, especialização, mestrado e doutorado. A Ufersa é uma das únicas instituições de ensino de ciências agrárias do semi-árido nordestino. Por isso, uma de suas metas é construir um saber direcionado às soluções dos principais problemas que afetam o agronegócio da região.

Os cursos de pós-graduação da Ufersa também seguem a tendência de crescimento com o Reuni, passando de quatro para nove no período de 2008 a 2012. Os investimentos feitos na universidade no âmbito do Reuni serão de mais de R$ 15 milhões, em cinco anos.


Atualmente, a instituição oferece os cursos de agronomia, medicina veterinária, administração, ciências da computação, engenharia de produção, engenharia de pesca, zootecnia, engenharia agrícola e ambiental, engenharia mecânica e engenharia de energia. O número de vagas ofertado anualmente é de 660 e, quando de sua plena implantação, serão 3.225 ingressos.

Assessoria de Comunicação Social

Assunto(s): programa , Instituição
X
Fim do conteúdo da página