Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Mais vagas em universidade pernambucana
Início do conteúdo da página
Reuni

Mais vagas em universidade pernambucana

  • Quarta-feira, 12 de março de 2008, 15h44
  • Última atualização em Quinta-feira, 13 de março de 2008, 12h10

A criação de novas universidades e de novos campi universitários representou um primeiro momento da expansão universitária no Brasil. A partir do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), o objetivo é aproveitar melhor a estrutura física e os recursos humanos das instituições federais. É o aumento do número de vagas acompanhado da melhoria da qualidade dos cursos.

A Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), por exemplo, deve receber do MEC o investimento de R$ 29 milhões com o Reuni. O número de cursos de graduação vai crescer de 32 para 44, em quatro anos. A instituição também vai aumentar o número de matrículas de 11.101 (em 2007) para 15.877 (em 2012).

Atualmente, a universidade possui duas unidades acadêmicas, seis campi e oferece 23 cursos de graduação e 19 de pós-graduação, além de cursos de nível médio.

Com o objetivo de aumentar o número de vagas ofertadas, para atender a grande demanda da região, a UFRPE expandiu seus campi às cidades de Garanhuns e Serra Talhada.

O campus de Garanhuns já foi implantado e oferta quatro cursos: Agronomia (80 vagas), Medicina Veterinária (80 vagas), Zootecnia (80 vagas) e Normal Superior (80 vagas). No final da implantação, este ano, o campus terá 1.480 alunos. O investimento do Ministério da Educação nesta fase da expansão foi de R$ 12 milhões.

A proposta de implantação do campus de Serra Talhada abrange diferentes municípios. Com os cursos de graduação em Química (80 vagas), Sistemas de Informação (80 vagas), Engenharia de Pesca (80 vagas), Ciências Econômicas (80 vagas), Ciências Biológicas (80 vagas) e Agronomia (80 vagas), o campus contribuirá para o desenvolvimento regional e para a inclusão social. O investimento no campus de Serra Talhada é de R$ 12,3 milhões.

Assessoria de Comunicação Social

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página