Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Percursos Educativos são o foco do programa Hora do Enem
Início do conteúdo da página
Apoio da sociedade

Hospitais universitários federais recebem doações para combate ao coronavírus

  • Segunda-feira, 18 de maio de 2020, 19h34
  • Última atualização em Segunda-feira, 25 de maio de 2020, 14h05

Iniciativas de voluntários se unem a investimentos da Ebserh na luta contra a Covid-19

A solidariedade de voluntários durante a pandemia de Covid-19 chegou aos hospitais universitários federais da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). Instituições e voluntários têm realizado doações de diversos itens para o auxílio aos hospitais, o que reforça ainda mais a excelência na assistência. A Ebserh, empresa pública vinculada ao Ministério da Educação (MEC), administra 40 unidades hospitalares.

Confira algumas doações recebidas nas unidades da Ebserh:

João Pessoa - Com doações da comunidade, o Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW-UFPB), em João Pessoa (PB), recebeu 4 mil unidades de equipamentos de proteção individual (EPIs), sendo 3 mil de toucas descartáveis e mil máscaras de proteção Face Shield (escudo facial). Foram doadas ainda 55 máscaras face shield produzidas em impressão 3D pelo Laboratório de Produção Digital (Fablab) da Universidade Federal da Paraíba.

Brasília - Um grupo de professores e ex-alunos da Universidade de Brasília (UnB) doou ao Hospital Universitário de Brasília (HUB-UnB) 100 máscaras face shields. Outras 400 unidades estão em produção. O trabalho voluntário contou com a parceria do Instituto Me Viro. Outras empresas, associações e pessoas da comunidade também já doaram máscaras descartáveis, luvas, álcool líquido e em gel, máscaras N95, protetores faciais, aventais, toucas e óculos, entre outros itens, para o hospital.

Ceará - A partir de uma parceria entre Universidade Federal do Ceará (UFC), a Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), o Instituto Federal do Ceará (IFCE) e Complexo Hospitalar da UFC/Ebserh, 19 respiradores estão sendo recuperados para os hospitais da Rede Ebserh no Ceará. Além disso, a parceria com o Sistema FIEC rendeu também a doação de 400 protetores faciais para profissionais de saúde do Complexo Hospitalar.

Recife - No Recife, o Hospital das Clínicas (HC-UFPE) recebeu mais de 400 litros de álcool 70% produzido pela Universidade Federal de Pernambuco, após doação de usinas e empresas. O produto foi direcionado para o Setor de Farmácia e para a limpeza das suas mais diversas áreas.

Campina Grande - Em Campina Grande (PB), o Hospital Universitário Alcides Carneiro (Huac-UFCG) recebeu a doação de EPIs, como 100 macacões, 500 máscaras com filtros mecânicos e 100 óculos de proteção, de uma empresa do ramo de calçados. Já a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) concedeu 150 protetores faciais desenvolvidos pela própria instituição.

Uberaba - Um grupo formado por 30 costureiras produziu máscaras artesanais para serem utilizadas por profissionais do Hospital de Clínicas de Uberaba (HC-UFTM). Já foram confeccionadas mais de 4 mil unidades, compostas a partir de fibras de polipropileno (TNT), elásticos, fios de alumínio revestido e linhas doados pela população de Uberaba e região, inclusive empresas. A matéria-prima inclui, ainda, manta SMS, que funciona como um filtro nas máscaras

Dourados - Por meio de uma ação conjunta entre a BPW Dourados (Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais), a Associação Leilodom e uma instituição privada de ensino superior, com a parceria da Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul, a campanha “EPIs do Bem” realizou a doação de 75 aventais confeccionados em TNT (tecido não-tecido), confeccionados para os profissionais do Hospital Universitário de Dourados (HU-UFGD).

Investimentos da Ebserh - Essas doações se aliam aos investimentos da Ebserh para o enfrentamento da pandemia de Covid-19. Foram disponibilizados, emergencialmente, R$ 274 milhões para ações contra o coronavírus. Os recursos têm sido liberados pelo MEC desde o mês de março, de acordo com a necessidade e urgência de cada unidade hospitalar. Com a verba é possível realizar adequações da infraestrutura, aquisição e manutenção de equipamentos, compra de medicamentos e outros insumos, além de EPIs.

Desde os primeiros anúncios sobre a Covid-19, a Rede Ebserh tem trabalhando em parceria direta com os ministérios da Saúde e da Educação, tendo como diretrizes o monitoramento da situação no país e em suas 40 unidades hospitalares.Além disso, a Empresa tem atuado na realização de treinamento de funcionários da Rede, promoção de webaulas, definição de fluxos e instituição de câmaras técnicas de discussões com especialistas. Promoveu processo seletivo emergencial com a possibilidade de contratação de aproximadamente 6 mil profissionais temporários para o enfrentamento da pandemia

Assessoria de Comunicação Social, com informações da Ebserh

Assunto(s): MEC , Ebserh , coronavírus
X
Fim do conteúdo da página