Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Rio terá 2.500 vagas da Universidade Aberta
Início do conteúdo da página
Educação especial

Especialistas discutem surdez em congresso internacional

  • Quarta-feira, 27 de setembro de 2006, 11h16

Cerca de 900 profissionais participam até sexta-feira, dia 29, no Rio de Janeiro, do 5º Congresso Internacional e do 11º Seminário Nacional do Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines/MEC). As duas atividades destinam-se a contextualizar o papel da família e das instituições educacionais, de modo a garantir o sucesso das políticas de inclusão do surdo.

Serão analisadas também a adequação das políticas lingüísticas e educacionais para o surdo no Brasil e no exterior. Os encontros, de caráter técnico-científico, visam a debater e a atualizar conhecimentos educacionais e avanços tecnológicos na área da surdez.

O tema dos eventos, abertos nesta quarta-feira, 27, é Surdez, Família, Linguagem e Educação. Participam conferencistas da Colômbia, Venezuela e Argentina, do Ines e das universidades federais do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e do Rio de Janeiro.

Marlene Gotti, da Secretaria de Educação Especial (Seesp/MEC), fala nesta quarta-feira sobre os desafios de transformar em prática a Lei nº 10.436, de 24 de abril de 2002, conhecida como Lei de Libras (língua brasileira de sinais), regulamentada pelo Decreto nº 5.626, de 22 de dezembro do ano passado.

Mais informações pelos telefones (21) 2285-7692, 2285-5107 e 2285-7546 e na página eletrônica do seminário, que contém a programação dos encontros.

Súsan Faria

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página