Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Secretaria de Educação Superior > Estudantes > Pós-graduação > Capes assina acordo com Instituto Politécnico de Turim
Início do conteúdo da página

Capes recomenda 38 novos cursos de pós-graduação

Os integrantes do Conselho Técnico Científico (CTC), da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior do Ministério da Educação (Capes/MEC), aprovou, ontem, 16, 38 novos cursos de mestrado, doutorado e mestrado profissional. O grupo debateu durante dois dias os pedidos de reconsideração apresentados pelas instituições de ensino superior que não obtiveram reconhecimento na primeira fase.

O diretor de Avaliação da Capes, Renato Janine Ribeiro, disse que as propostas, mediante as justificativas apresentadas, foram ajustadas aos critérios exigidos pela avaliação trienal. Ao todo, a comissão analisou 135 pedidos de revisão. Foram recomendados 24 cursos de mestrado, 12 de doutorado e dois de mestrado profissional. Todos receberam análise prévia das áreas de conhecimento. Entre os indicados está o curso de doutorado em estudos étnicos e africanos, da Universidade Federal da Bahia. É o primeiro doutorado do País totalmente voltado ao estudo da cultura da população negra.

Conquista - Outra conquista importante apontada pelo diretor de Avaliação da Capes, Renato Janine, é o avanço geográfico do doutorado brasileiro. O doutorado em biologia experimental, da Universidade Federal de Rondônia, é um exemplo. "Estamos conseguindo ampliar a cobertura da pós-graduação. Avançamos e chegamos a um ponto mais elevado do oeste brasileiro. Isto é muito importante para o desenvolvimento técnico-científico nessas regiões", disse Janine.

Após a recomendação da Capes, os processos dos programas e cursos recomendados recebem o reconhecimento do Conselho Nacional de Educação (CNE). (Assessoria de Imprensa da Capes)

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página