Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Diversidade

Projeto de cotas aguarda regime de urgência na Câmara

  • Quinta-feira, 31 de março de 2005, 13h46
  • Última atualização em Quinta-feira, 10 de maio de 2007, 10h35

O projeto que prevê cotas para estudantes das universidades federais oriundos das escolas públicas espera votação na Câmara dos Deputados para entrar em regime de urgência. O requerimento que pede prioridade na votação do Projeto de Lei nº 2.637, que reserva 50% dessas vagas nas universidades federais, está na mesa da presidência da Câmara há mais de 15 dias.

No último dia 17, uma comissão da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) pediu ao presidente da Câmara dos Deputados, Severino Cavalcanti (PP/PE) rapidez na votação da matéria. O presidente da Câmara garantiu apoio à aprovação do projeto.

Segundo a assessoria parlamentar do Ministério da Educação, o projeto ainda aguarda a votação do requerimento da presidência da Casa. Durante o encontro com a comissão da Ubes, Severino deixou claro que é contrário à reserva de cotas para alunos afrodescendentes.

Luta - O ministro Tarso Genro disse que caso as vagas destinadas aos afrodescendentes e indígenas sejam retiradas do projeto, o Executivo continuará a luta para que as cotas sejam garantidas na reforma universitária.

Sandro Santos

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página