Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > MEC publica edital do processo seletivo para o segundo semestre de 2019
Início do conteúdo da página
Educação profissional e tecnológica

Expansão do ensino técnico no Ceará

  • Segunda-feira, 12 de novembro de 2007, 07h46
  • Última atualização em Terça-feira, 13 de novembro de 2007, 14h27

A região metropolitana de Fortaleza ganha nesta terça-feira, 13, às 10h, uma escola técnica federal, com a inauguração da unidade de ensino de Maracanaú. Vinculada ao Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet) do Ceará, a unidade, com capacidade para atender 1,2 mil alunos, vai oferecer cursos de nível técnico e superior sintonizados com os arranjos produtivos da região. Foram investidos R$ 2,7 milhões na escola.  

Desde agosto, a instituição atende 120 alunos, no Cefet do Ceará, com cursos técnicos gratuitos em desenvolvimento de software, conectividade e automação industrial, além de um curso superior na área de engenharia ambiental. Mais 180 vagas serão criadas no próximo ano para as áreas de química e indústria e na modalidade de jovens e adultos. Na próxima semana, as aulas serão transferidas para a nova unidade.

Maracanaú, com 197 mil habitantes, conta com o mais importante distrito industrial do Ceará. O município é responsável pela geração de 20 mil empregos diretos e 58 mil indiretos. Ali estão reunidas 150 empresas das áreas de metalurgia, mecânica, papel e papelão, material eletroeletrônico, têxtil, químico, de vestuário, calçados e serviços de construção.

A escola integra a primeira fase do plano de expansão da rede federal de educação profissional e tecnológica, que prevê a construção de 64 unidades de ensino técnico. A partir do próximo ano, o Ministério da Educação investirá R$ 750 milhões na segunda fase do plano, com a construção de mais 150 escolas no país. No Ceará, serão mais seis, em Sobral, Limoeiro do Norte, Quixadá, Canindé, Crateús e Acaraú.

Participarão da solenidade o governador do Ceará, Cid Gomes, o prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, e o secretário de educação profissional e tecnológica, Eliezer Pacheco.

Marco Aurélio Fraga

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página