Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Ensino de música será obrigatório
Início do conteúdo da página
Educação a distância

Universidade Aberta e parceiros avaliam curso

  • Terça-feira, 21 de agosto de 2007, 16h35
  • Última atualização em Quarta-feira, 22 de agosto de 2007, 14h01

Coordenadores de 25 universidades que integram o curso-piloto de administração a distância, oferecido pela Universidade Aberta do Brasil (UAB), participaram na semana passada, em São Luís (MA), de um fórum nacional para avaliar o andamento da experiência. O encontro reuniu também representantes do Ministério da Educação, Banco do Brasil, Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão e reitores.

O curso-piloto de administração é uma parceria da UAB/MEC, Banco do Brasil e 25 instituições de ensino superior de 17 estados e do Distrito Federal. As aulas, a distância, começaram em 2006, exclusivamente para atender 11 mil servidores do Banco do Brasil, dos quais, 619 são do Maranhão. Os fóruns ocorrem a cada bimestre para avaliar a metodologia, garantir a qualidade da formação, discutir métodos de aprendizado, formação continuada dos professores, produção de material didático e socialização de experiências.

Para o coordenador do curso-piloto no Maranhão, Othon Bastos Filho, as perspectivas para a UAB no estado são excelentes. De acordo com ele, o êxito da experiência cria oportunidade para a abertura de novos cursos em 2008, entre eles, as licenciaturas em matemática e física. “Há, ainda, uma possibilidade muito grande de editarmos nova versão do curso de administração”, afirma. A UAB pretende fazer parceria com a Universidade Federal do Maranhão (UFMA), para a oferta de cursos que hoje são presenciais na instituição, na modalidade a distância.

Pioneiro — Por meio das universidades Virtual do Maranhão e Estadual do Maranhão, o estado foi um dos primeiros a firmar convênio com o MEC e a dar início ao curso-piloto de administração a distância. A aula inaugural foi em 30 de julho de 2006. O curso tem 619 alunos distribuídos em 15 pólos tecnológicos, localizados em São Luís, Balsas, Bacabal, Carolina, Colinas, Barra do Corda, Zé Doca, Santa Inês, Pedreiras, Caxias, Imperatriz, Codó, Brejo e Pinheiro.

O método de aprendizagem inclui estudos individuais, com apoio do ambiente virtual de aprendizagem e livros didáticos, encontros presenciais com professores especialistas e acompanhamento pedagógico permanente com tutores.

Um dos diferenciais do curso é o sistema de videoconferência, que opera na tecnologia IP. A TV da Universidade Virtual do Maranhão (Univima) adapta os sinais de tevê para a linguagem de internet, possibilitando ao aluno interagir em tempo real com os professores durante as videoconferências.

Assessoria de Imprensa da Seed/MEC

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página