Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Anúncios publicitários sobre Novo Ensino Médio explicam as mudanças propostas pelo MEC
Início do conteúdo da página
  • Convocado na 2ª chamada deve fazer a matrícula até terça-feira

    Os candidatos convocados na segunda chamada do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) do Ministério da Educação devem providenciar a matrícula na respectiva instituição de ensino. Isso deve ser feito nesta sexta-feira, 23, na segunda, 26, ou na terça, 27.

    As vagas restantes, depois das duas chamadas, serão ocupadas em livre concorrência, por meio de inscrições on-line no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), entre os dias 29próximo e 16de setembro.

    A primeira edição do Sisutec recebeu 737.229 inscrições de 383.080 candidatos, que concorreram a 239.792 vagas gratuitas em cursos técnicos para concluintes do ensino médio. Aberto a candidatos que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012, o sistema reservou 85% das vagas a estudantes oriundos de escolas públicas e registrou 523.448 inscrições desses estudantes. Outras 60.308 inscrições foram destinadas a cotistas — a reserva é obrigatória nos institutos federais de educação, ciência e tecnologia. Outros 153.473 candidatos optaram pela ampla concorrência.

    Os cursos mais procurados foram os de técnico em segurança do trabalho, com 89.656 inscrições; técnico em informática, 71.850, e técnico em enfermagem, 63.976. Do total de inscrições, 57% foram feitas por mulheres. Os cursos noturnos tiveram a preferência.

    O resultado da segunda convocação pode ser conferido na página do Sisutec na internet. As matrículas das vagas remanescentes após as duas chamadas do sistema serão feitas também pela internet, na página do Pronatec.

    Assessoria de Comunicação Social

    Leia mais notícias sobre o Sisutec
  • Passa de 300 mil o número de inscritos no Sisutec; inscrições terminam às 23h59

    O número de candidatos a vagas em cursos técnicos oferecidas pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) ultrapassou 300 mil nesta sexta-feira, 25, último dia para as inscrições. Às 11h, o sistema registrava mais de 300 mil inscritos. Os candidatos têm até as 23h59 desta sexta-feira para fazer a inscrição pela internet, com a possibilidade de fazer até duas opções de curso.

    Esta segunda edição de 2014 do Sisutec oferece 289.341 vagas em cursos técnicos e gratuitos em instituições públicas e particulares e nos serviços nacionais de aprendizagem (sistema S), distribuídas em 466 municípios em todas as unidades da Federação.

    Os cursos mais procurados até o momento são os de técnico em segurança do trabalho, logística, enfermagem, informática e radiologia. Mas a oferta é diversificada, com cursos técnicos em mecânica, análises clínicas, design de interiores, eletrônica e petróleo e gás, entre outros.

    As vagas serão preenchidas prioritariamente por pessoas que tenham cursado o ensino médio completo em escolas da rede pública ou, em instituições particulares, na condição de bolsistas integrais. Além disso, os candidatos devem ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 e obtido nota na redação que não seja zero.

    Por meio do Sisutec, sistema informatizado do Ministério da Educação, instituições públicas e particulares de educação superior e de educação profissional e tecnológica oferecem vagas gratuitas em cursos técnicos na forma subsequente.

    Criado em 2013, o sistema integra o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que até julho deste ano registrou 7,6 milhões de matrículas em todo o país. Para conhecer o tipo de formação e os campos de trabalho de cada curso, o candidato a vagas no Sisutec deve consultar o Catálogo de Cursos Técnicos, disponível on-line na página do Pronatec.

    As inscrições, gratuitas, devem ser feitas na página do Sisutec na internet.

    Assessoria de Comunicação Social

    Leia também:

    Santa Catarina tem vagas em logística, aviação e área têxtil
    Técnico em logística é o curso com maior oferta de vagas
    Mato Grosso do Sul tem 99 cursos e mais de 5,6 mil vagas
    Automação industrial abre vagas em 43 cursos de 33 municípios
    Área de saúde tem oferta de 21 cursos técnicos pelo Sisutec
    Instituições da Região Norte abrem mais de 16 mil vagas
    Em Tocantins, estão abertas 500 vagas para capacitação técnica
    Agronegócio oferece 500 vagas em cidades mato-grossenses
    Oferta em Pernambuco supera as 20 mil vagas em 20 municípios
    Cursos estimulam as vocações econômicas em cidades gaúchas

  • Prazo para matrículas no Sisutec será encerrado nesta terça-feira, 20

    Os candidatos convocados na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) do Ministério da Educação terão até esta terça-feira, 20, para providenciar a matrícula na respectiva instituição de ensino.

    Os resultados da segunda chamada serão divulgados na próxima quinta-feira, 22. As matrículas da segunda chamada serão realizadas entre os dias 23e 27de agosto.

    As vagas restantes, depois das duas chamadas, serão ocupadas em livre concorrência, por meio de inscrições on-line realizadas exclusivamente pela página do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), entre os dias 29de agosto a 16de setembro. As aulas terão início entre 22de agosto e 21de outubro.

    De acordo com a portaria, as instituições de ensino credenciadas no Sisutec poderão alterar a data de início das aulas, observando como limite o dia 21de outubro de 2013.

    A primeira edição do Sisutec recebeu 737.229 inscrições de 383.080 candidatos, que concorreram a 239.792 vagas gratuitas em cursos técnicos para concluintes do ensino médio.

    O Sisutec, aberto a candidatos que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012, reservou 85% das vagas a estudantes oriundos de escolas públicas e registrou 523.448 inscrições desses estudantes. Outras 60.308 inscrições foram destinadas a cotistas — a reserva é obrigatória nos institutos federais de educação, ciência e tecnologia. Outros 153.473 candidatos optaram pela ampla concorrência.

    Os cursos mais procurados foram os de técnico em segurança do trabalho, com 89.656 inscrições; técnico em informática, 71.850, e técnico em enfermagem, 63.976. Do total de inscrições, 57% foram feitas por mulheres. Os cursos noturnos tiveram a preferência.

    O resultado da primeira convocação pode ser conferido na página do Sisutec na internet.

    Assessoria de Comunicação Social

    Confira a portaria que prorroga os prazos

    Leia mais notícias sobre o Sisutec
  • A poucas horas do fim do prazo, Sisutec registra mais de 345 mil inscritos

    O Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) do Ministério da Educação registrava, às 18h desta segunda-feira, 12, um total de 345.352 candidatos inscritos. Como cada candidato pode fazer até duas opções de curso, o total de inscrições chegou a 663.510. O prazo para que os candidatos a vagas em cursos de educação profissional façam suas inscrições será encerrado às 23h59 desta segunda.

    O sistema oferece 117 cursos em diversas áreas, com duração de 800 a 1,2 mil horas, em 586 instituições, dentre estabelecimentos de educação superior e escolas técnicas particulares; institutos federais de educação, ciência e tecnologia; escolas técnicas vinculadas a universidades federais; escolas estaduais e municipais e entidades do Sistema S. Participam do Sisutec instituições com indicadores positivos no Ministério da Educação.

     

    Os candidatos que cursaram o ensino médio completo na rede pública ou em instituições particulares na condição de bolsista integral terão prioridade na ocupação de 85% das vagas oferecidas na seleção, todas gratuitas.

     

    O resultado da primeira das duas chamadas será divulgado na quarta-feira, 14. A matrícula deve ser feita na quinta-feira, 15, e na sexta, 16. O resultado da segunda convocação está previsto para o dia 19, com matrícula no dia seguinte.

     

    O processo seletivo será aberto duas vezes por ano, como no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que seleciona estudantes para instituições públicas de educação superior.

     

    As inscrições devem ser feitas na página do Sisutec na internet. O novo sistema foi instituído pela Portaria do MEC nº 671, de 31 de julho de 2013, publicada no Diário Oficial da União do dia 1º de agosto, seção 1, páginas 14 e 15, e suas normas constam do Edital nº 1/2013 da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do MEC, publicado no Diário Oficial do dia 5 último, seção 3, páginas 61 e 62.


    Assessoria de Comunicação Social

     

    Leia outras notícias sobre o Sisutec

     

     

     

     

  • Agronegócio oferece 500 vagas em cidades mato-grossenses

    Terceira maior unidade federativa do Brasil, Mato Grosso, grande produtor e exportador agropecuário, abre mais de 500 vagas em cursos técnicos do agronegócio. No conjunto, porém, o estado oferece, nesta edição do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional (Sisutec), 6.080 vagas, distribuídas em dez municípios. O Sisutec recebe inscrições até esta sexta-feira, 25.

    A capacitação técnica para o agronegócio visa à aplicação de técnicas de gestão e comercialização do mercado agrícola e agroindustrial, além de auxiliar a organização e execução de atividades do negócio rural.  Os técnicos podem atuar em propriedades rurais, empresas comerciais, estabelecimentos agroindustriais, empresas de assistência técnica, extensão rural e pesquisa.

    Outra opção é o curso técnico em meio ambiente, com 800 horas de duração e 200 vagas em Várzea Grande. O objetivo do curso é qualificar o profissional para coletar, armazenar e interpretar informações, dados e documentações ambientais, colaborar na elaboração de laudos, relatórios e estudos ambientais e auxiliar na construção e execução de sistemas de gestão ambiental. O profissional atua ainda na organização de programas de educação ambiental, de conservação e preservação de recursos naturais, de redução, reúso e reciclagem. As possibilidades de trabalho são encontradas em instituições públicas, particulares e do terceiro setor, estações de tratamento de resíduos e unidades de conservação ambiental.

    No estado, o Sisutec oferece cursos técnicos nas cidades de Cuiabá (180 vagas), Colíder (45) e Sinop (90). Há também vagas em cursos sobre controle ambiental, citopatologia, gerência de saúde, reabilitação de dependentes químicos, vigilância em saúde, radiologia, enfermagem, análises clínicas, estética, design de interiores, edificações, eletrônica, informática para internet, manutenção e suporte em informática, logística, eletrotécnica e segurança do trabalho.

    Sistema — O Sisutec oferece, na atual edição, 289.341 vagas em cursos técnicos a estudantes que tenham concluído o ensino médio e feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2013, com nota na redação que não seja zero. As vagas estão distribuídas em 466 municípios das 27 unidades da Federação.

    Para conhecer o tipo de formação e os campos de trabalho de cada curso, o candidato a vagas no Sisutec deve consultar o Catálogo de Cursos Técnicos, disponível na página do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) na internet.

    Os cursos são gratuitos, assim como a inscrição, que deve ser feita na página do Sisutec na internet.

    Mylene Brum Oliveira

    Leia também:
    Santa Catarina tem vagas em logística, aviação e área têxtil
    Técnico em logística é o curso com maior oferta de vagas
    Mato Grosso do Sul tem 99 cursos e mais de 5,6 mil vagas
    Automação industrial abre vagas em 43 cursos de 33 municípios
    Área de saúde tem oferta de 21 cursos técnicos pelo Sisutec
    Instituições da Região Norte abrem mais de 16 mil vagas
    Em Tocantins, estão abertas 500 vagas para capacitação técnica

  • Área de saúde tem oferta de 21 cursos técnicos pelo Sisutec

    Enfermagem, radiologia e massoterapia integram uma lista de 21 cursos técnicos da área de saúde com oferta de vagas na terceira edição do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional (Sisutec). As inscrições, on-line, podem ser feitas até sexta-feira, 25.

    A formação profissional em enfermagem, radiologia e massoterapia tem carga horária comum de 1,2 mil horas. A capacitação de técnico em enfermagem, com oferta de 388 cursos e 25.557 vagas, prepara o profissional para trabalhar em hospitais, clínicas, postos de saúde, empresas e domicílios. A de técnico em radiologia, com 150 cursos e 9.031 vagas, qualifica o participante para o desempenho em serviços de radiologia e diagnóstico por imagem em hospitais, clínicas e unidades básicas de saúde. A de massoterapia, com 73 cursos e 7.585 vagas, oferece um campo de trabalho maior — clínicas de reabilitação e de estética, associações desportivas, hospitais, unidades básicas de saúde, centros de atendimento de idosos, casas de repouso e domicílios.

    A relação de cursos na área de saúde abrange também gerência em saúde, estética, farmácia, análises clínicas, nutrição e dietética, cuidados de idosos, citopatologia, imobilizações ortopédicas, hemoterapia, óptica, órteses e próteses, podologia, prótese dentária, reabilitação de dependentes químicos, registro e informações em saúde, vigilância em saúde, saúde bucal e saneamento.

    Para conhecer o tipo de formação e os campos de trabalho de cada curso, o candidato a vagas no Sisutec deve consultar o Catálogo de Cursos Técnicos, disponível na página do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) na internet.

    O Sisutec oferece, na atual edição, 289.341 vagas em cursos técnicos a estudantes que tenham concluído o ensino médio e feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2013, com nota na redação que não seja zero. As vagas estão distribuídas em 466 municípios das 27 unidades da Federação. Os cursos são gratuitos, assim como a inscrição, que deve ser feita na página do Sisutec na internet.

    Ionice Lorenzoni

    Leia também:
    Mato Grosso do Sul tem 99 cursos e mais de 5,6 mil vagas

  • Automação industrial abre vagas em 43 cursos de 33 municípios

    Com 43 cursos, a formação de técnico em automação industrial tem vagas em unidades de ensino de 13 estados e em 33 municípios nos turnos da manhã, tarde e noite. A inscrição para os cursos está aberta no Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) até sexta-feira, 25.

    A região mais industrializada do país, o Sudeste, abre 1.723 vagas para técnico em automação industrial, das quais 1.081 em sete municípios de São Paulo. Há 322 vagas em cinco cidades de Minas Gerais e 320 em quatro municípios do Espírito Santo. Na região Sul, o Paraná tem 320 vagas. No Nordeste, a Bahia abre 300.

    O curso técnico de automação industrial tem 1,2 mil horas de formação que abordam conteúdos de eletricidade, eletrônica, programação, materiais e equipamentos industriais, automação e controle e redes industriais. O profissional certificado pode trabalhar na instalação de sistemas de controle e automação nos processos industriais; manutenção, medições e testes de equipamentos de automação industrial; programação, operação e manutenção de sistemas automatizados, segundo normas técnicas e de segurança da área de atividade.

    Criado em 2013, o Sisutec integra o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que até julho deste ano registrou 7,6 milhões de matrículas. O sistema oferece, na atual edição, 289.341 vagas em cursos técnicos a estudantes que tenham concluído o ensino médio e feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2013, com nota na redação que não seja zero. As vagas estão distribuídas em 466 municípios das 27 unidades da Federação.

    Os cursos são gratuitos, assim como a inscrição, que deve ser feita na página do Sisutec na internet.

    Ionice Lorenzoni

    Leia também:

    Santa Catarina tem vagas em logística, aviação e área têxtil

    Mato Grosso do Sul tem 99 cursos e mais de 5,6 mil vagas

    Área de saúde tem oferta de 21 cursos técnicos pelo Sisutec

    Técnico em logística é o curso com maior oferta de vagas

  • Brasil garante empregos aos jovens investindo em programas de qualificação

    Na última década, o forte crescimento econômico do Brasil ajudou a diminuir a taxa de desemprego dos jovens para níveis inferiores aos da maioria dos países membros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). O relatório Investindo na juventude: Brasil destaca medidas inovadoras que o país tem tomado para fortalecer as condições de transição da escola para o mercado de trabalho. Entre as principais ações do Ministério da Educação está o fortalecimento do Programa Nacional de acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

     

    O lançamento do relatório ocorreu nesta terça-feira, 22, em Brasília, na abertura do II Seminário Transição da Escola ao Trabalho: Experiência brasileira em relação a outras economias emergentes e membros da OCDE.

     

    O relatório destaca iniciativas que estão gerando resultado, entre elas o Pronatec e o Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem). Em sua fala, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, reforçou a importância do Pronatec. Segundo ele, o país avançou muito nos programas de qualificação dos jovens. “A educação é indispensável para aumentarmos a competitividade do país”, afirmou o ministro.

     

    Lançado em 2011, o Pronatec já assegurou mais de 4,6 milhões de matrículas. Uma das modalidades ofertadas é concomitante ao ensino médio, para que os jovens façam cursos no contraturno escolar. Recentemente foi criado o Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec), para os jovens que concluíram o ensino médio e buscam oportunidades de qualificação. O Sisutec ofertará vagas para os estudantes que realizaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).


    Assessoria de Comunicação Social

     

    Confira a apresentação do ministro

  • Candidato deve conferir resultado da segunda chamada do Sisutec

    Os candidatos participantes da primeira edição do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) do Ministério da Educação podem conferir on-line nesta quinta-feira, 22, o resultado da segunda chamada. Os convocados devem providenciar a matrícula na respectiva instituição de ensino nesta sexta-feira, 23, na segunda, 26, ou na terça, 27.

     

    As vagas restantes, depois das duas chamadas, serão ocupadas em livre concorrência, por meio de inscrições on-line no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), entre os dias 29 próximo e 16 de setembro.

     

    A primeira edição do Sisutec recebeu 737.229 inscrições de 383.080 candidatos, que concorreram a 239.792 vagas gratuitas em cursos técnicos para concluintes do ensino médio.

     

    Aberto a candidatos que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012, o Sisutec reservou 85% das vagas a estudantes oriundos de escolas públicas e registrou 523.448 inscrições desses estudantes. Outras 60.308 inscrições foram destinadas a cotistas — a reserva é obrigatória nos institutos federais de educação, ciência e tecnologia. Outros 153.473 candidatos optaram pela ampla concorrência.

     

    Os cursos mais procurados foram os de técnico em segurança do trabalho, com 89.656 inscrições; técnico em informática, 71.850, e técnico em enfermagem, 63.976. Do total de inscrições, 57% foram feitas por mulheres. Os cursos noturnos tiveram a preferência.

     

    O resultado da segunda convocação pode ser conferido na página do Sisutec na internet. As matrículas das vagas remanescentes após as duas chamadas do sistema serão feitas também pela internet, na página do Pronatec.


    Assessoria de Comunicação Social

     

    Leia mais notícias sobre o Sisutec

  • Candidato deve fazer a inscrição no Sisutec até as 23h59 desta segunda

    Os candidatos a vagas em cursos de educação profissional têm somente até as 23h59 desta segunda-feira, 12, para fazer a inscrição on-line no Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) do Ministério da Educação. A seleção será feita com base na nota do estudante no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012.

     

    Até as 10h20 desta segunda-feira, o Sisutec registrava 305.230 candidatos e 586.395 inscrições — cada estudante pode fazer duas opções de curso.

     

    O sistema oferece 117 cursos em diversas áreas, com duração de 800 a 1,2 mil horas, em 586 instituições, dentre estabelecimentos de educação superior e escolas técnicas particulares; institutos federais de educação, ciência e tecnologia; escolas técnicas vinculadas a universidades federais; escolas estaduais e municipais e entidades do Sistema S. Participam do Sisutec instituições com indicadores positivos no Ministério da Educação.

     

    Os candidatos que cursaram o ensino médio completo na rede pública ou em instituições particulares na condição de bolsista integral terão prioridade na ocupação de 85% das vagas oferecidas na seleção, todas gratuitas.

     

    O resultado da primeira das duas chamadas será divulgado na quarta-feira, 14. A matrícula deve ser feita na quinta-feira, 15, e na sexta, 16. O resultado da segunda convocação está previsto para o dia 19, com matrícula no dia seguinte.

     

    O processo seletivo será aberto duas vezes por ano, como no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que seleciona estudantes para instituições públicas de educação superior.

     

    As inscrições devem ser feitas na página do Sisutec na internet. O novo sistema foi instituído pela Portaria do MEC nº 671, de 31 de julho de 2013, publicada no Diário Oficial da União do dia 1º de agosto, seção 1, páginas 14 e 15, e suas normas constam do Edital nº 1/2013 da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do MEC, publicado no Diário Oficial do dia 5 último, seção 3, páginas 61 e 62.


    Assessoria de Comunicação Social

     

    Leia outras notícias sobre o Sisutec

  • Candidato pode conferir resultado da primeira convocação

    Os candidatos participantes da primeira edição do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) do Ministério da Educação podem conferir on-line o resultado da primeira chamada. Os convocados devem providenciar a matrícula na respectiva instituição de ensino nesta quinta-feira, 15, e na sexta, 16.

     

    Na próxima segunda-feira, 19, será divulgado o resultado da segunda chamada, com matrículas na terça-feira, 20.

     

    As vagas restantes, depois das duas chamadas, podem ser ocupadas, com seleção on-line, por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), a partir do dia 22 próximo. As aulas terão início entre 22 de agosto e 21 de outubro.

     

    A primeira edição do Sisutec recebeu 737.229 inscrições de 383.080 candidatos, que concorreram a 239.792 vagas gratuitas em cursos técnicos para concluintes do ensino médio.

     

    O Nordeste, com oferta de 28% das vagas, é a região com maior percentual de inscritos (41%). O Sudeste, que tinha 46% das vagas, contabilizou 30% dos inscritos. O Norte teve 8% do total de inscritos, com 3% das vagas. Sul e Centro-Oeste, que ofereceram 12% das vagas cada um, tiveram 14% e 7% das inscrições, respectivamente.

     

    O Sisutec, aberto a candidatos que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012, reservou 85% das vagas a estudantes oriundos de escolas públicas e registrou 523.448 inscrições desses estudantes. Outras 60.308 inscrições foram destinadas a cotistas — a reserva é obrigatória nos institutos federais de educação, ciência e tecnologia. Outros 153.473 candidatos optaram pela ampla concorrência.

     

    Os cursos mais procurados foram os de técnico em segurança do trabalho, com 89.656 inscrições; técnico em informática, 71.850, e técnico em enfermagem, 63.976. Do total de inscrições, 57% foram feitas por candidatas do sexo feminino. Os cursos noturnos tiveram a preferência.

     

    O resultado da primeira convocação pode ser conferido na página do Sisutec na internet.


    Assessoria de Comunicação Social


    Ouça o ministro Mercadante sobre a primeira edição do Sisutec

     

    Leia mais notícias sobre o Sisutec

  • Candidatos a vagas pelo Sisutec podem consultar lista de cursos

    Os candidatos a vagas no ensino técnico podem consultar on-line, no Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec), a relação dos cursos disponíveis em cada cidade. As inscrições começam nesta segunda-feira, 21, e se estendem até sexta-feira, 25.

    Nesta segunda edição de 2014, o Sisutec oferece 289.341 vagas em cursos técnicos gratuitos em instituições públicas e particulares e nos serviços nacionais de aprendizagem (sistema S).

    As vagas serão preenchidas prioritariamente por candidatos que tenham cursado o ensino médio completo em escolas da rede pública ou, se em instituições particulares, na condição de bolsistas integrais. Além disso, devem ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 e obtido nota na redação que não seja zero. O candidato pode fazer a inscrição em até duas opções de vagas.

    Criado em 2013, o Sisutec integra o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que até julho deste ano registrou 7,6 milhões de matrículas.

    Os candidatos podem conferir a oferta de vagas na página do Sisutec na internet.

    Assessoria de Comunicação Social


    Leia também:

    Terceira edição do Sisutec oferece 289,3 mil vagas; inscrições a partir de segunda-feira

  • Candidatos a vagas remanescentes do Sisutec devem fazer a inscrição até o dia 20 deste mês

    Estão abertas a partir desta segunda-feira, 11, até o dia 20 próximo, as inscrições on-line para as vagas remanescentes do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). Para concorrer, o candidato precisa ter concluído o ensino médio. A ocupação das vagas remanescentes será feita por ordem de inscrição. Depois de inscrito, o candidato terá dois dias para confirmar a matrícula na unidade de ensino.

    Esta segunda edição de 2014 oferece vagas em cursos técnicos em instituições públicas e particulares e nos serviços nacionais de aprendizagem (sistema S), todos eles gratuitos.

    O Sisutec, sistema informatizado do Ministério da Educação, integra o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), criado em 2013 e que até julho deste ano registrou 7,6 milhões de matrículas em todo o país.

    Para conhecer o tipo de formação e os campos de trabalho de cada curso, o candidato a vagas no Sisutec deve consultar o Catálogo de Cursos Técnicos, disponível on-line na página do Pronatec.

    As inscrições, gratuitas, devem ser feitas na página do Sisutec na internet.

    Assessoria de Comunicação Social

  • Candidatos a vagas remanescentes do Sisutec devem fazer a inscrição até o dia 13

    Estão abertas até o dia 13 próximo as inscrições on-line para as vagas remanescentes do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). Para concorrer, o candidato precisa ter concluído o ensino médio.

    Após a confirmação da inscrição no sistema, o candidato precisa comparecer em dois dias úteis à instituição selecionadora para efetuar a matrícula. É necessário apresentar todos os documentos necessários para a efetivação da matrícula, em caso de aprovação. No momento da inscrição, o candidato será informado sobre a documentação exigida.

    A primeira edição de 2014 do Sisutec registrou 1.016.211 inscrições. O total de candidatos chegou a 527.730 — cada um pôde fazer até duas opções de curso. O estado do Rio de Janeiro liderou as inscrições, com 111.282, seguido de Minas Gerais, com 100.738. São Paulo apareceu em terceiro lugar, com 88.586.

    A primeira edição de 2014 do Sisutec ofereceu 293.738 vagas em cursos técnicos subsequentes para pretendentes que já concluíram o ensino médio. Os cursos, gratuitos, têm início previsto para o período de 14 de abril a 12 de maio.

    A oferta de cursos do Sisutec é feita por instituições públicas e particulares. O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) já abriu mais de 6 milhões de matrículas — 1,7 milhão em cursos técnicos e 4,3 milhões em cursos de qualificação profissional.

    Assessoria de Comunicação Social

  • Candidatos a vagas remanescentes do Sisutec passam de 150 mil até as 16h desta terça-feira

    Até as 16h desta terça-feira, 12, passava de 150 mil o número de inscrições para as vagas remanescentes da segunda edição de 2014 do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). Nesta etapa da seleção, podem participar candidatos que tenham concluído o ensino médio, independentemente de terem feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

    As inscrições, gratuitas, podem ser feitas on-line até o dia 20 próximo. Os cursos também são gratuitos em todas as escolas que participam do sistema. São oferecidas centenas de vagas em cursos e escolas nas cinco regiões do país. Essas vagas serão ocupadas por ordem de inscrição. Depois de inscrito, o candidato terá dois dias para fazer a matrícula na instituição de ensino em que pretende fazer o curso técnico. Quem deixar de fazer a matrícula perderá a vaga, que voltará a ser oferecida pelo sistema.

    Portanto, o estudante disposto a fazer curso técnico deve consultar o sistema durante todo o processo de seleção.

    Guia — Para orientar os estudantes sobre os cursos técnicos — conteúdo a ser estudado, tempo de duração (de 800 a 1,2 mil horas), estágio e campo de trabalho, entre outras informações —, o Ministério da Educação criou o Catálogo Nacional de Cursos Técnicos. É importante o candidato consultar esse guia ante de fazer a opção de curso.

    As inscrições devem ser feitas na página do Sisutecna internet.

    Assessoria de Comunicação Social

  • Candidatos ao Sisutec podem consultar lista da 2ª chamada

    Os candidatos que disputam uma vaga no Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) já podem consultar a lista da segunda chamada da seleção. As matrículas devem ser feitas diretamente nas instituições que oferecem os cursos, entre os dias 6 e 8 de agosto.

    Os candidatos que não foram selecionados em nenhuma das duas chamadas poderão se inscrever para as vagas não preenchidas pelo Sisutec entre 11 e 20 de agosto.

    Para esta edição do Sisutec, foram ofertadas 289.341 vagas em cursos técnicos e gratuitos em instituições públicas e particulares e nos serviços nacionais de aprendizagem (sistema S), distribuídas em 466 municípios das 27 unidades da Federação.

    As vagas serão preenchidas prioritariamente por pessoas que tenham cursado o ensino médio completo em escolas da rede pública ou, em instituições particulares, na condição de bolsistas integrais. Além disso, os candidatos devem ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 e obtido nota na redação que não seja zero.

    Por meio do Sisutec, sistema informatizado do Ministério da Educação, instituições públicas e particulares de educação superior e de educação profissional e tecnológica oferecem vagas gratuitas em cursos técnicos na forma subsequente. Criado em 2013, o sistema integra o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que até julho deste ano registrou 7,6 milhões de matrículas em todo o país.

    Assessoria de Comunicação Social

    Confira os selecionados da primeira chamada na página do Sisutec

  • Candidatos ao Sisutec podem se inscrever até 21 de março

    Os candidatos que desejam concorrer a vagas em cursos de educação profissional já podem se inscrever no Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) do Ministério da Educação. A inscrição é on-line, na página do Sisutec, de 17 a 21 de março.

    A primeira edição de 2014 do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica oferece 291.338 vagas em cursos técnicos subsequentes, para pretendentes que já concluíram o ensino médio. Os cursos são gratuitos e têm início previsto para o período de 14 de abril a 12 de maio.

    As vagas para os cursos serão ocupadas, prioritariamente, por estudantes que tenham cursado o ensino médio completo em escolas da rede pública ou, se em instituições privadas, na condição de bolsista integral. O aluno também deverá ter se submetido à edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) referente a 2013 e, cumulativamente, ter obtido nota acima de zero na prova de redação.

    A divulgação dos resultados, em primeira chamada, está prevista para 25 de março, e a segunda chamada, para o dia 1º de abril. Após a realização das duas chamadas, todos aqueles que tenham concluído o ensino médio poderão se candidatar às vagas remanescentes.

    A oferta de cursos do Sisutec é feita em instituições públicas e privadas.O Pronatec já ofertou mais de 6 milhões de matrículas, sendo 1,7 milhão em cursos técnicos e 4,3 milhões em cursos de qualificação profissional.

    Assessoria de Comunicação Social

    Acesse a página do Sisutec
  • Candidatos selecionados na primeira chamada devem se matricular até esta sexta-feira, 28

    Os candidatos selecionados na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) têm até esta sexta-feira, 28, para comparecer à instituição em que foram aprovados e efetuar matrícula. O resultado da primeira chamada está disponível on-line.

    A divulgação dos resultados da segunda chamada deve ocorrer em 1º de abril. Após a realização das duas chamadas, todos aqueles que tenham concluído o ensino médio poderão se candidatar às vagas remanescentes.

    A primeira edição de 2014 do Sisutec registrou 1.016.211 inscrições. O total de inscritos chegou a 527.730 – cada candidato pode fazer até duas opções de curso. O estado do Rio de Janeiro liderou as inscrições com 111.282, seguido de Minas Gerais com 100.738 inscrições. São Paulo aparece em terceiro lugar, com 88.586 inscrições.

    A primeira edição de 2014 do Sisutec ofereceu 293.738 vagas em cursos técnicos subsequentes, para pretendentes que já concluíram o ensino médio. Os cursos são gratuitos e têm início previsto para o período de 14 de abril a 12 de maio.

    As vagas para os cursos serão ocupadas, prioritariamente, por estudantes que tenham cursado o ensino médio completo em escolas da rede pública ou, se em instituições privadas, na condição de bolsista integral. O aluno também deverá ter se submetido à edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) referente a 2013 e, cumulativamente, ter obtido nota acima de zero na prova de redação.

    A oferta de cursos do Sisutec é feita em instituições públicas e privadas. O Pronatec já ofertou mais de 6 milhões de matrículas, sendo 1,7 milhão em cursos técnicos e 4,3 milhões em cursos de qualificação profissional.

    Acesse a página do Sisutec

    Assessoria de Comunicação Social
  • Cidades paulistas têm centenas de vagas em vários municípios

    Jovens e adultos que andam em busca de uma profissão encontram centenas de vagas em cursos técnicos em médias e grandes cidades do estado de São Paulo e em municípios das demais unidades da Federação. As vagas são para quem concluiu o ensino médio em escola pública ou foi bolsista em instituição particular. A formação, gratuita, é oferecida pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) do Ministério da Educação. As inscrições podem ser feitas até 16 deste mês, pela internet.

     

    Num grupo de 11 cidades do estado de São Paulo, incluindo a capital, existem vagas em 55 cursos com duração de 800 a 1.600 horas, em turnos da manhã, tarde e noite. Em Limeira, município com 276 mil habitantes, que é um polo industrial do interior de São Paulo, existem vagas em 14 tipos de cursos técnicos, a maior parte deles no turno da noite. A oferta atende as necessidades regionais, uma vez que o município tem fronteira com nove cidades, entre elas, Cordeirópolis, Santa Bárbara do Oeste e Araras.

     

    A formação técnica em Limeira abrange sistemas de energia renovável, biocombustíveis, celulose e papel, saneamento, sistemas de transmissão – todos no turno da noite e com carga horária de 1.600 horas. Áreas como agroecologia, petróleo e gás, telecomunicações, açúcar e álcool, eletrônica, hidrologia, plásticos também têm vagas.

     

    Em Guarulhos, que tirando as capitais dos estados, é a cidade mais populosa do país, com 1,2 milhão de habitantes, os interessados em ter uma profissão encontram cursos gratuitos de panificação, manutenção e suporte de informática, técnico de informática, redes de computadores, orientação comunitária, saúde bucal, agente comunitário de saúde e gerência de saúde.

     

    Em São José dos Campos, localizada a leste da capital, no Vale do Paraíba, estão disponíveis centenas de vagas em cinco tipos de cursos na área de informática e em outros seis – sistemas de transmissão, automação industrial, eletroeletrônica, sistemas de comutação, segurança do trabalho, eletromecânica.

     

    Em São Paulo, capital, 14 cursos técnicos têm vagas. Na área de saúde, por exemplo, há vagas para reabilitação de dependentes químicos, órteses e próteses, gerência de saúde, massoterapia, vigilância em saúde, gerência de saúde e saúde bucal, todos com 1,2 mil horas.


    Interior – No interior paulista, os cursos técnicos do Pronatec também estão presentes. Em Barretos, que está a 440 quilômetros da capital, candidatos encontram cursos como programação de jogos digitais, multimeios didáticos, técnico de informática, logística; em Caraguatatuba, a 178 quilômetros de São Paulo, existem vagas para edificações, paisagismo, design de interiores, controle ambiental, informática pra internet; em Votuporanga, que está a 521 quilômetros da capital, há vagas para cursos de alimentação escolar, paisagismo, orientação comunitária, açúcar e álcool.

     

    Em cidades maiores como Americana, com 212,7 mil habitantes, há diversos cursos técnicos com vagas, entre eles, sistemas de transmissão, sistema de energia renovável, telecomunicações, eletroeletrônica, automação industrial, segurança do trabalho.


    Catálogo – Para orientar os candidatos a cursos técnicos, o Ministério da Educação elaborou um catálogo. Ele contém informações sobre como é o curso, as habilidades exigidas do candidato, em que atividades o técnico pode trabalhar, o número de horas da formação, entre outros dados. O ministério recomenda que, antes de fazer a inscrição, o aluno acesse o Catálogo para conhecer o curso que pretende fazer.


    Requisitos – Para concorrer as vagas do Pronatec, o candidato deve ter feito o ensino médio em escola pública ou na rede particular com bolsa integral. A consulta por vaga deve ser feita pelo interessado diariamente, pois a garantia de ocupação só é conseguida pelo aluno quando ele faz a matrícula.

     

    Quando o inscrito não faz a matrícula no prazo de dois dias úteis após a inscrição, a vaga retorna para o sistema e é aberta novamente.

     

    Documentos para a matrícula – levar os originais e cópias:

    • Certificado de conclusão do ensino médio
    • Histórico escolar do ensino médio
    • Certidão de nascimento ou de casamento
    • Carteira de identidade, ou carteira de trabalho, carteira nacional de habilitação (CNH), passaporte ou carteira de identidade profissional.
    • Cadastro de pessoa física (CPF)
    • Título de Eleitor e comprovante de votação (primeiro e segundo turnos) ou documento oficial de justificativa por não ter votado – para maiores de 18 anos
    • Certificado militar, para maiores de 18 anos e do sexo masculino
    • Comprovante de residência
    • Uma foto 3x4, recente.

    A inscrição deve ser feita na página do Pronatec na internet. Ali, o candidato encontra dados como a instituição responsável pelo curso e certificação, o número de horas de cada curso, o turno em que é oferecido, a data de início e de término da formação.

    Ionice Lorenzoni
  • Com inscrições abertas até 20 de agosto, Sisutec é boa opção para cursos de informática

    O Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) oferece diversas vagas gratuitas de formação profissional em informática. São cursos técnicos nessa área, rede de computadores, manutenção e suporte, além de programação de jogos digitais. As inscrições podem ser feitas até 20 de agosto.

    As vagas estão disponíveis em cursos e escolas espalhados nas cinco regiões do país. A inscrição e os cursos são gratuitos em todas as escolas que participam do Sisutec.

    O curso de técnico em informática capacita o aluno para desenvolver programas de computador, seguindo as especificações e paradigmas da lógica de programação e das linguagens de programação. A área de atuação dos técnicos em informática abrange sistemas computacionais e de programação de computadores.

    O curso de técnico de informática para internet forma profissionais capacitados a utilizar ferramentas de desenvolvimento de sistemas, criar soluções que auxiliam o processo de criação de interfaces e aplicativos empregados no comércio e marketing eletrônicos. Já o curso de técnico em rede de computadores capacita o estudante a montar e operar uma rede de computadores, além de diagnosticar e corrigir falhas em redes, manter cabeamentos e configurar acessos de usuários, além de implementar recursos de segurança em redes.

    O aumento do número de aparelhos celulares multifuncionais desperta interesse no curso de técnico em programação de jogos digitais, que oferece formação para a construção de jogos. O estudante aprenderá a utilizar técnicas e programas especializados de tratamento de imagens e sons; desenvolver recursos, ambientes, objetos e modelos para serem utilizados nos jogos digitais; e criar recursos que possibilitem a interatividade dos jogadores com os programas de computador.

    Sisutec – Nesta etapa, para participar basta ter o certificado do ensino médio, e não é necessário ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Cada vaga é ocupada por ordem de inscrição; depois de inscrito, o aluno tem dois dias para fazer a matrícula na escola onde vai fazer o curso técnico; o candidato que não fizer a matrícula perde a vaga. Esta vaga retorna para o sistema.

    Portanto, o estudante que pretende fazer um curso técnico deve se manter atento e consultar o sistema durante todo o processo de seleção. O candidato deve lembrar que a vaga é garantida com a matrícula. Se não fizer a matrícula, a vaga volta ao sistema, para ser ocupada por outro estudante. Abra a página do Sisutec e verifique. Tem vaga? O curso interessa? Faça sua inscrição.

    Catálogo – Para orientar os estudantes sobre os cursos técnicos – os conteúdos que serão estudados, o tempo de duração (de 800 horas a 1,2 mil horas), estágio, campo de trabalho, entre outras informações – o MEC criou o Catálogo Nacional de Cursos Técnicos. Abra o catálogo e conheça o curso antes de fazer a inscrição. As inscrições devem ser feitas na página do Sisutec na internet.

    Assessoria de Comunicação Social

Fim do conteúdo da página